Voluntários doam máscaras às equipes do Hospital de Caridade

0
678
A designer de produtos Bianca Moura e o empresário Róbison Santos doaram 39 “face shildes” ao Hospital de Caridade. Foto: Divulgação.


A designer de produtos Bianca Moura e o empresário Róbison Santos doaram 39 “face shildes” ao Hospital de Caridade, semana passada. São equipamentos de proteção individual pois atuam como máscaras que impedem a passagem de gotículas transmissoras da Covid-19. 

As face shildes são arcos produzidos em PLA (polímero lático) ou ABS, confeccionados em impressora 3D. O acetato faz o papel de barreira protetora, fixado no arco e interligado entre o usuário e o produto com borracha ou elásticos.

Bianca e Róbison fazem parte do chamado projeto Hígia. Os produtos doados ao HCC são um modelo adaptado por médicos, empresários, estudantes e outros profissionais de todo o país. Eles contam com voluntários que disponibilizam impressoras 3D e estão produzindo as face shildes. Inclusive, empresas doaram os filamentos PLA, ABS e o acetato.

Com o material doado, foram produzidas 120 placas de acetato para serem distribuídas não só em Canela como em Gramado e São Francisco de Paula. Aqui, além do Hospital de Caridade, unidades de saúde, Samu e o Corpo de Bombeiros serão beneficiados.
“Queria agradecer à Carla (Dias Pinto, enfermeira do setor de Ações de Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde), que não mediu esforços, movimentou a Secretaria de Saúde e demais setores para poder ir buscar os materiais que foram doados em Caxias e Porto Alegre. Os motoristas da Secretaria são bastante educados, atenciosos e de verdadeira solidariedade, pois não param um instante para poder nos ajudar a contribuir e nem a nossa cidade ficar de fora deste projeto”, diz Bianca Moura.

“Nós agradecemos pela doação desse material e ficamos orgulhosos pelo fato de a enfermeira Carla, como nossa servidora, ter colaborado em nome da Secretaria de Saúde, acolhendo voluntários que estão para somar diante desse período que todo o mundo tem passado, que é enfrentar o novo coronavírus”, diz o secretário de Saúde Vilmar Santos.