Vila Olímpica da Várzea Grande terá primeira quadra pública de basquete

0
2660


As obras das quadras esportivas do Complexo da Vila Olímpica da Várzea Grande tiveram início na terça-feira, 24. No local será construído a primeira quadra pública de basquete do Município, além de uma quadra poliesportiva e outras duas quadras de vôlei de areia.

O prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), acompanhado dos secretários Jacó Schaumloeffel (Esporte e Lazer) e Flávio Souza (Obras), esteve no local para acompanhar o andamento do projeto.

“Estou muito feliz em estar aqui. Eu até ultrapassaria a expressão revitalização, para dizer que isso aqui é uma ressurreição desse ambiente. As obras que estamos fazendo agora trarão muitas melhorias, e a próxima etapa será nos Altos da Viação Férrea, onde vamos entregar duas áreas de lazer para a comunidade. Isso constitui a nossa obrigação. A gente só lamenta que tenha demorado tanto, por fatores alheios à nossa vontade e que antecederam o nosso mandato. Mas nós estamos aqui para tocar essa obra, não lembrar do passado e tocar Gramado para o futuro e para nossa gente”, afirmou o prefeito.

MELHORIAS
Durante a visita, o secretário de Esporte e Lazer detalhou o projeto e explicou que, ao lado da pista de skate, que já existe no local, será construída uma nova pracinha, atendendo uma solicitação da comunidade.

Segundo ele, o Ginásio Esportivo da Vila Olímpica da Várzea Grande já está em fase final do processo licitatório e as obras devem reiniciar em breve.

“Essa obra aqui mostra o empenho da Prefeitura em revitalizar os espaços públicos, em trazer lazer e esporte para a comunidade. Está acontecendo na Vila Olímpica, está acontecendo no Piratini, vai acontecer no Altos da Viação Férrea, no Bairro Moura. São diversos locais sendo revitalizados trazendo mais lazer para os moradores e mostrando a preocupação que a Prefeitura tem com a nossa comunidade”, afirmou Jacó Schaumloeffel.

DRENAGEM

O secretário de Obras e Serviços Urbanos ressaltou a parceria entre as secretarias de Obras e Esporte na execução do projeto da Vila Olímpica.

“A Secretaria de Obras realizou trabalho de drenagem no entorno do ginásio. Tínhamos uma drenagem existente no ginásio que passava dentro do pavilhão de esportes, onde tinha uma caixa de vistoria no meio da quadra de esportes do pavilhão. A gente fez todo o trabalho de drenagem para resolver o problema e precisamos usar a detonação. Foi uma obra cara, mas que vai resolver o problema de drenagem na Vila Olímpica”, disse Flávio Souza.