Vereadores do PP concedem certificado a Hedwing Gehlen

2
597
Juntamente com seu marido, foi integrante ativa do Rotary 25 de Julho por 30 anos. Foto: Divulgação.


A Bancada do Progressistas, formada pelos vereadores Dr Ubiratã, Luia Barbacovi, Rafael Ronsoni, Rosi Ecker Schmitt e Volnei da Saúde apresentaram projeto onde concedem o Certificado de Mulher Cidadã, na área de “Mulher Destaque no Turismo” a Hedwing Beatriz Fleck Gehlen. A proposta foi aprovada na noite de ontem (15), por unanimidade.

A entrega será na Semana Legislativa de Gramado.

Histórico

Hedwig Beatriz Fleck Gehlen nasceu em 8 de março de 1938 na cidade Novo Hamburgo, de origem alemã, filha de Ervino Fleck e Dora Frida Fleck. Iniciou o magistério aos 18 anos, lecionou por 25 anos como professora primária na Escola 25 de Julho e paralelamente dava aulas particulares.

Recebeu fortemente a influência materna, tendo o trabalho, a dedicação ao próximo e o cuidado com a natureza como missão de vida.

Casou-se com Rolf Gehlen, também professor, em 22 de setembro de 1962. Tiveram dois filhos, Ana e Alexandre, genro Nestor e nora Andreia, que lhe deram quatro netos: Matheus, Júlia, Maria Eduarda e Maria Carolina.

Juntamente com seu marido, foi integrante ativa do Rotary 25 de Julho por 30 anos. Seus pais, Frida e Ervino sonhavam em possuir um hotel em Gramado. Em 1975 concretizaram este sonho e tiveram como apoio o trabalho persistente e dedicado de sua filha Beatriz.

Quando seu marido Rolf adoeceu, mudou-se definitivamente para Gramado.

Vó Frida, como era conhecida sua mãe, então viúva, recebeu neste momento o auxílio de sua filha na tarefa de conduzir o hotel em uma época que o turismo não possuía o apelo que tem hoje.

Em 1999 perdeu seu marido e logo em 2004 sua mãe, ficando com a incumbência de dar continuidade e perpetuação da história da família.

Começa, então, um novo aprendizado de vida e realidade. Conduzir e solidificar o hotel juntamente com seus filhos, imprimindo em seu modelo de gestão, funcionários e hóspedes, uma personalidade única, através do exercício diário da hospitalidade e bem receber.

Para os seus colaboradores, é uma pessoa que a todos deixa sempre uma bela impressão, logo de chegada e depois segue como grande referência dentro desta família hoteleira. Sempre presente, ativa e didática. De inigualável relação  com os hóspedes e outros visitantes que pelo hotel passam, se torna cada vez mais  um modelo a ser seguido. Olhos sempre atentos aos pequenos detalhes, desde um pequeno farelo no chão até o mínimo fio puxado na toalha…

Hoje, Dona Bia, como é carinhosamente chamada, participa como voluntária em um grupo comunitário, que tem como objetivo ajudar o Instituto Santíssima Trindade. Iniciou com Dona Irma Peccin o projeto de plantio das hortênsias da cidade. No bairro Bavária, juntamente com a associação de moradores, continuaram esse trabalho no plantio da flor símbolo da nossa querida cidade Gramado.

Assim como Vó Frida, Dona Bia conduz e coloca em toda as suas ações o respeito pelo ser humano e o amor pela natureza, traduzindo este sentimento à todos que a cercam.

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu que nasci e cresci em Gramado pude ver todo trabalho desenvolvido por esta família! Parabéns!

Comments are closed.