Suspeito de cometer seis assassinatos na Capital estava escondido em Gramado

0
3857
Cristian Marques é suspeito de ter matado uma menina de 7 anos durante confronto com bandidos rivais. (Foto: Polícia Civil)


O possível autor de seis homicídios foi preso, preventivamente (por prazo indeterminado), nesta quarta-feira, 5 pela Polícia Civil, no bairro Mato Queimado, em Gramado. A prisão de Cristian Eli Rodrigues Marques, 31 anos, foi efetuada pela 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) da Capital. Os crimes ocorreram nos bairros Vila Nova e Campo Novo, na Zona Sul de Porto Alegre, e foram praticados ao lado de um comparsa – esse já preso na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Segundo a Polícia Civil, Marques foi indiciado pela morte de uma menina, de 7 anos, na Zona Sul de Porto Alegre, em abril de 2015. A criança foi alvejada por um disparo de fuzil 7,62, enquanto dormia no interior de sua residência, no Condomínio Campos do Cristal. As investigações revelaram que o crime ocorreu durante troca de tiros entre grupos criminosos rivais, os quais disputavam o local como ponto de tráfico de drogas.

TRÊS MANDADOS DE PRISÃO

O preso ainda praticou outros cinco homicídios até o fim de 2016. Na época, ele teve a prisão preventiva decretada e buscou refúgio no Bairro Belém Novo. Após ser localizado, em novembro, conseguiu escapar de uma equipe da 4ª DPHPP, a qual tentava cumprir os mandados de prisão preventiva existentes contra ele – ao todo, três mandados foram expedidos pelas Varas do Juri da Comarca de Porto Alegre.

Já em novas investigações, os policiais civis apuraram que o homem havia fugido para Gramado, onde buscou auxílio na casa de um familiar. A busca por Marques terminou após um cerco policial à residência, onde ele foi encontrado e recebeu voz de prisão.