Suspeito de abusar sexualmente das próprias filhas, pai foi preso

0
1225
Suspeito está atrás das grades em cela isolada da massa carcerária


A Justiça de Gramado, à pedido da Polícia Civil autorizou na sexta-feira, 5 de janeiro, a prisão preventiva (por tempo indeterminado) de um morador de 38 anos do interior do município suspeito de abusar sexualmente das suas próprias filhas.

Conforme o delegado Gustavo Barcellos, os relatos colhidos até o momento indicam que as crianças de 4 e 6 anos (idades atuais) foram violentadas pelo suspeito em 2016. A revelação do crime ocorreu nesta semana, depois que a mãe das meninas procurou atendimento em um posto de saúde para obter remédios para dormir. Ela acabou narrando os fatos para o médico com quem consultou.

Os profissionais da unidade acionaram o Conselho Tutelar que denunciou o crime na Delegacia de Polícia. “A partir dos depoimentos colhidos da mãe e da menina mais velha entendemos que haviam elementos suficientes da materialidade e da autoria e então representamos ao Poder Judiciário pela decretação da prisão”, explica Barcelllos.

Medida Protetiva

O delegado também informou que as crianças foram vítimas de violência sexual praticada pelo pai delas dentro da casa onde moravam na área rural de Gramado. As duas meninas serão submetidas a exames periciais. A família foi colocada sob medida protetiva do Judiciário.

O pai foi recolhido ao Presídio Estadual de Canela onde está em cela de isolamento, separada da galeria onde fica a massa carcerária. Mãe e as filhas procuraram abrigo na casa de familiares em outra cidade.

A Polícia Civil não revelou o nome do suspeito ou a localidade onde ele residia com a esposa e filhas para não possibilitar a identificação das vítimas.