Setembro Amarelo, mês da prevenção ao suicídio, da importância à necessidade

0
830


Dieison Barcarolo & Prof.ª Paola da Academia Ciclo.

1. Qual a importância que este mês tem para todos nós? “Este mês é um mês de luta contra a vida. Estamos muito focados em cuidar da saúde.” Além da importância deste cuidado, setembro tem uma importância por ter casos de suicídio ou tentativa na própria família, o que torna esta luta mais assídua e fervorosa.

2. Qual a relação do teu trabalho com a prevenção ao suicídio? Como surgiu esta luta em tua vida? “Liberamos diversos hormônios nas atividades físicas, e estes hormônios contribuem para o bem-estar, para o alívio do stress, contribuem para a mudança de humor e agimos nesta parte da liberação de hormônios que se torna uma prevenção. Diminui a tristeza, diminui a depressão, mas é um trabalho em conjunto com uma psicóloga.”

3. Há algum relato ou feedback que tenha sabido acerca do trabalho realizado por ti e teus colegas? “Sim, há o caso de uma aluna. Ela chegava e conversava um pouco e se sentia mais triste. Aos poucos ela foi conversando mais, assim ela treinava bastante para descansar a mente dela. E, ela vinha aqui na academia para não ficar em casa sozinha. Então, ela vem fazer a terapia dela aqui com a gente.”

4. Mas, qual a importância da atividade física para cada um de nós? “As pessoas que são ativas fisicamente têm um melhor desempenho, uma melhor saúde mental.” Novamente aqui, retomamos a ideia da liberação de hormônios que são importantíssimos para nossa saúde mental.

5. E, em relação a prevenção ao suicídio, há alguma faixa etária de maior observação e/ou cuidado? “Sim, a faixa etária dos 15 aos 30 anos tem o índice maior de suicídio. É o momento em que acontecem muitas mudanças no corpo do adolescente e do adulto, uma fase de transição do corpo e da mente. Mas também, entre os gays, lésbicas e negros o índice é alto.”

6. Por fim, uma mensagem para cada leitor(a) sobre este mês e sua importância. “Dê atenção! Dê ouvidos! Faça com que ela opte pela vida! Viver sempre é a melhor opção!”