Seminário do MDB de Gramado abordou boas práticas públicas

0
1413
Correligionários, lideranças do MDB e representantes de outros partidos prestigiaram o seminário que contou com bom público. (Fotos: André Aguirre)


O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) de Gramado promoveu no sábado, 17 de março, o 1º Seminário de Boas Práticas Públicas. Voltado para correligionários de agremiações políticas, lideranças partidárias e comunidade, o evento foi realizado na Câmara de Vereadores e contou com a presença do ex-governador Germano Rigotto, do secretário geral de Planejamento, Governança e Gestão do RS, Carlos Búrigo e de lideranças do PRB e PSDB locais.

Integrantes do primeiro escalão da administração municipal de Gramado, Ana Lovatto (Cidadania e Assistência Social), Flávio Souza (Obras), Simone Bender (Governança e Desenvolvimento Integrado), João Teixeira (Saúde), Paulo Volk (Indústria e Comércio), além do adjunto de Obras e Subprefeito da Várzea Grande, Cícero Altreiter apresentaram números e dados sobre as ações que colocaram prática desde janeiro de 2017 visando melhorar o desenvolvimento da cidade.

Os vereadores Everton Michaelsen e Renan Sartori, representantes do MDB, no Legislativo gramadense também explanaram sobre o trabalho que eles vêm desenvolvendo e as suas propostas para o futuro de Gramado.

Líder do MDB na Câmara, Everton Michaelsen falou sobre o trabalho dos vereadores

O ex-chefe do Executivo gaúcho e possível candidato ao Senado, Germano Rigotto falou sobre sua trajetória política, os desafios de governar o Rio Grande do Sul e fez uma análise do cenário político no país, além destacar os resultados alcançados pela equipe do MDB na esfera municipal. “Fico feliz com a mobilização e o trabalho realizado na cidade. A qualidade dos secretários é para se dar os parabéns ao MDB de Gramado. Vocês estão certos, é assim que se faz, ocupando espaço e mostrando trabalho, é isso que determina um resultado de aceitação na comunidade,” disse Rigotto.

Qualidade da equipe

Representante do Palácio Piratini e pré-candidato a uma cadeira na Assembleia Legislativa, Carlos Burigo fez uma prestação de contas da gestão do governador, José Ivo Sartori (MDB) e abordou a realidade financeira do RS. “O Estado não podia continuar do jeito que ele vinha sendo administrado se não, não vamos conseguir o reequilíbrio das contas públicas,” afirmou o secretário estadual. Quero parabenizar essa iniciativa do MDB de Gramado, eu sempre digo que tão importante do que assumir cargos em uma administração municipal ou vereança, é você realizar as ações para a população e esse é o nosso objetivo. E o MDB de Gramado vem demonstrando isso com as boas práticas que cada secretário está fazendo, os vereadores e as lideranças. “É dessa maneira que se constrói um partido forte, um partido que não quer somente ganhar a eleição, mas quer realizar,” frisou Búrigo.

Administração conscensualista

O vice-prefeito Evandro Moschem destacou que há uma nova realidade em administração pública. “Hoje ela precisa ser mais conscensualista. Quando digo isso, digo chamar o Ministério Público, o Poder Legislativo, o Executivo, o Tribunal de Contas e delimitar muitas coisas que são necessárias. O MDB de Gramado está trabalhando em algumas frentes, na questão técnica, sendo que este é o primeiro seminário que o partido vai fazer ao longo do ano,” comentou Moschem.

Vice-prefeito, Evandro Mochem destacou a importância do seminário

“Vamos chamar as pessoas daqui pra falar sobre as suas boas práticas, vamos chamar outros partidos políticos para nos contar as boas práticas das suas administrações. Porque para administrar tem que se ter humildade para reconhecer que nem tudo nós sabemos, humildade em reconhecer que têm pessoas que sabem mais do que a gente em algumas áreas,” acrescentou o vice-prefeito.

“O MDB está instalando núcleos nos bairros, temos um debate permanente com a comunidade porque não queremos chegar em 2020 e pedir o voto do eleitor sem conhecê-lo, queremos ter a proximidade com o cidadão,” concluiu Moschem.

Integração entre secretarias

Secretário municipal de Obras e presidente do MDB gramadense, Flávio Souza apresentou números da sua pasta

Para o presidente do MDB gramadense, Flávio Souza, o seminário foi de extrema importância. Ele destaca dois pontos positivos nessa iniciativa da legenda. “A integração entre as secretarias e subsídios para que a gente saiba oque os colegas estão fazendo em suas secretarias. Foram mostrados números de extrema importância. É importante trazer essas informações aos nossos militantes para que eles possam fazer a defesa do governo, a defesa do MDB perante a comunidade. Foram explanações brilhantes. Muito importante a presença do Burigo e do Rigotto, foi uma aula de gestão pública. No meu ponto de vista precisa haver mais eventos como estes. Precisamos ter cada vez mais essa integração de informações,” avaliou Souza.

Seminário atraiu filiados, simpatizantes e lideranças do MDB e outros partidos políticos