Semana do Empreendedor: “Uma empresa oxigenada pela diversidade tem muito mais chance de permanecer no mercado”

0
414
Foto: Adriana Kuhn.


Uma noite para provocar reflexões e inspirações. O tema da diversidade integrou a pauta da Semana do Empreendedorismo Fecomércio-RS, nesta quarta-feira, 07 e outubro, levantando questionamentos e aplausos do público participante. “É um tema tabu, mas está literalmente aqui, na nossa volta”, disse a primeira palestrante da noite Gisele Oliveira, consultora de diversidade. O bate-papo on-line reuniu ainda o empresário Thiago Schmitz, criador da Charlie Brownie, e Lizandra Gamba, coordenadora de RH do Sesc/RS.

Gisele abriu o evento se apresentando como um “kit de diversidade”. “Sou mulher, cega de nascença, mãe, divorciada, tenho 45 anos, sou companheira de seis cachorrinhos e já tive câncer de mama. Ou seja, a diversidade sempre se fez presente em mim”, relatou ela, lembrando os participantes sobre a importância do atual movimento Outubro Rosa. Ao definir diversidade, Gisele trouxe dados impactantes para o entendimento do tema: apenas 1% das pessoas com deficiência estão no mercado de trabalho; o Brasil é o pais que mais mata transexuais e travestis no mundo; negros recebem 40% a menos que homens brancos no mesmo cargo; sem falar das pesquisas que mostram que 86% das organizações assumem que contratam pessoas com deficiência para cumprir a lei.

“Façam o teste do pescoço e olhem na sua empresa. Hoje no Brasil, 54% das pessoas são negras. Onde elas estão?”, questionou. Segundo a consultora, os empreendedores deveriam pensar em como estão impactando esses grupos, entendendo as necessidades dos clientes internos e externos e integrando esse tema como política de negócio. “Diversidade agrega valor, mostra criatividade. Traz inovação e sustentabilidade para as organizações”, ressaltou.

Na sequência, Thiago Schmitz compartilhou um importante relato de vida, que o impulsionou a se tornar empreendedor. “Eu sou LGBT. Na minha infância, sofri muito preconceito. Cheguei a apanhar pela questão da estética. Cresci achando que era anormal, fui tentando me entender e me enquadrar profissionalmente, mas eu era infeliz”, conta ele, que ao sofrer uma depressão profunda descobriu a diversidade como valor e riqueza. Nas memórias afetivas felizes da sua avó, que nunca foi preconceituosa com ele, Schmitz encontrou as receitas de sucesso para o seu negócio. “Comecei mesmo desacreditado. Eu pensava que se um dia eu saísse da depressão e da dívida, eu teria um negócio feliz com inclusão e diversidade”, revela o criador da Charlie Brownie, destacando a importância de conhecer melhor os funcionários e os indivíduos para assim gerar mais valor para os negócios.

Schmitz falou ainda sobre o conceito de microrrevolução, seja ela no ambiente íntimo, dentro de nós, ou social. “A Charlie é conectada a causas sociais. Essa é a microrrevolução que hoje me identifico: enxergar ongs como espaços de potência”, explica, comentando o trabalho que realiza com mulheres de comunidades carentes ministrando cursos de confeitaria.

“Inspirador”, definiu Lizandra Gamba ao iniciar a sua fala na noite. Segundo ela, é fundamental que possamos utilizar esses frutos para uma transformação da sociedade, ou seja, cabe a cada um de nós garantir que a diversidade siga forte, pois falando nesse tema estaremos evoluindo como humanidade. “É um caminho sem volta ou um conceito de moda?”, provocou ela, ao apresentar o Paratodos – Programa Sesc e Senac de Diversidade como uma inspiração aos empreendedores. A iniciativa nasceu da intenção institucional de valorizar a diversidade e promover o encontro com pessoas diferentes, sendo baseada em cinco pilares: Paraelas, Humanidade, Cidadania, Igualdade e Gerações. “Falar de diversidade é falar de relações humanas, valores e também de preconceitos e estereótipos. É um desafio, mas a gente precisa avançar. Por onde começo?”, disse ela, ressaltando a intenção genuína e a dedicação dos colaboradores do Sistema Fecomércio-RS como fatores de sucesso para o projeto. “Uma empresa oxigenada pela diversidade tem muito mais chance de permanecer no mercado”, concluiu.

Semana do Empreendedor Fecomércio-RS

A Semana do Empreendedor segue até a próxima sexta-feira (09), com programação on-line diária. Nesta quinta-feira (08), a agenda contempla os temas “Inovação no Varejo” e “Saúde mental e Gestão de Pessoas”. As palestras estão acontecendo ao vivo pelo site fecomercio-rs.org.br/semanadoempreendedor e pelo Youtube da Federação. A Semana do Empreendedor Fecomércio-RS conta com o apoio do CRA-RS, Sebrae-RS, da Fajers e do Sindilojas Jovem – Regional Bento Gonçalves.