Segurança é uma das prioridades do 30º Sonho de Natal

0
1106
Direção do evento reuniu empresários e lideranças da área de segurança para apresentar o Sonho de Natal. Foto: Rafael Zimermann/Prefeitura de Canela.


Os preparativos para o 30º Sonho de Natal de Canela estão a todo vapor. Nesta quarta-feira, 18 de outubro, aconteceu uma reunião geral com todos os envolvidos na organização do evento. O encontro ocorreu na sede da Associação Comercial e Industrial de Canela (ACIC) e foi comandado pelo diretor geral do Sonho de Natal e secretário municipal de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches, e pelo diretor artístico do evento, Elias da Rosa.

Participaram da reunião os comandantes da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Canela, capitão Pedro Beron, e sargento Miguel Oliveira, respectivamente, além de empresários e autoridades. Miguel Oliveira declarou que esta é a primeira vez que o Poder Público coloca a segurança como prioridade no evento.

“Fiquei muito aliviado, pois esta é a primeira vez que os bombeiros são convidados a participar de uma reunião que detalhou todo planejamento do Sonho de Natal. Também é a primeira vez que há uma preocupação com a segurança. Isso é de extrema importância, pois é com planejamento e antecipação dos acontecimentos que se consegue prevenir acidentes”, frisou o sargento Miguel.

Resgate do evento

O 30º Sonho de Natal de Canela iniciará no dia 4 de novembro, prometendo uma edição histórica para celebrar as três décadas do evento natalino. O diretor artístico, Elias da Rosa, explicou que a decoração será uma atração a parte, iniciando no pórtico de entrada do município, que receberá um grande painel de LED, onde serão reproduzidas imagens de Canela e dos eventos que integram a programação do Sonho de Natal.

Por sua vez Ângelo Sanches disse que “este resgate do Sonho de Natal será muito importante, pois é uma bela história a ser contada e recontada”.  Além disto, ele reforçou “que a ideia é a valorização dos canelenses e que aquela hospitalidade que o turista busca encontra no dia-a-dia de cada canelense”.