Segurança do Festival vai contar com forte atuação da Brigada

0
1206
Policiais militares estão prontos para garantir segurança do evento. Crédito: Eliton Velho/Brigada Militar.


Holofotes sempre ligados para a comunidade, visitantes e turistas. Assim a Brigada Militar (BM) mantém os índices de criminalidade (aceitáveis ou baixos), após um mês de julho que superou as expectativas no destino de inverno mais desejado pelos brasileiros. Agora o foco é para a chegada dos artistas e participantes do 45 º Festival de Cinema de Gramado.

A expectativa é a de que até o final de agosto, ainda dentro da temporada de inverno mais de dois milhões de visitantes circulem por Gramado e região. Entre os dias 17 e 26 de agosto o município recebe mais um evento de reconhecimento nacional: o Festival de Cinema. Mais uma vez, a BM está preparada para garantir a tranquilidade de todos os participantes.

O major Gilson Wagner de Oliveira Alves, comandante do 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (1º BPAT), destaca o trabalho dos policiais militares e reitera que segurança e turismo caminham juntos. “Nossa região é diferenciada por suas belezas, atrativos e também pelo trabalho de cada um dos brigadianos que propiciam que os turistas aproveitem todo este pacote. Mais do que isto, se sintam seguros e queiram retornar,” comenta o oficial.

Turismo e segurança caminham juntos

Por meio do 1ºBPAT, a BM destaca que mesmo com algumas dificuldades que atingem o Estado, principalmente na questão de efetivo, segue realizando um trabalho diferenciado que contraria alguns outros destinos turísticos, não apenas com números, mas com uma sensação e segurança que permite que a movimentação de turistas siga intensa.

Essa atuação também reflete na movimentação econômica que girou na cidade, onde somente no mês de julho deste ano, conforme divulgação da Prefeitura de Gramado foram em torno de R$ 150 milhões, referente aos gastos dos visitantes em hotéis, restaurantes, comércio e passeios.

União de esforços

Mesmo com esse grande número de visitantes e grande circulação de valores, conforme a Brigada nenhuma ocorrência de repercussão foi registrada. No único roubo a estabelecimento comercial ocorrido, os autores foram presos no ato e todo o material recuperado.

Para a BM, essa estatística é resultado de um trabalho diuturno, resultado da junção de esforços das guarnições do policiamento ostensivo, do Pelotão de Operações Especiais (POE), da seção de inteligência e do efetivo administrativo, que além da parte burocrática também atua nas ruas.