Secretário apresenta eventos de Canela em Brasília

0
823
Diretor da Famurs, Mário Nascimento; Secretário Nacional de Cultura, José Henrique Medeiros Pires e Secretário de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches. Foto: Divulgação.


O Secretário de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches, está em Brasília desde terça-feira (15), ocasião em que cumpre agenda para apresentar Canela aos novos comandantes do Governo Federal.

No Ministério da Cidadania, presidida pelo gaúcho Osmar Terra, Sanches teve audiência com o Secretário Nacional de Cultura, José Henrique Medeiros Pires, onde na oportunidade apresentou os eventos de Canela, como Sonho de Natal, Páscoa, Mostra Cultural, Cultura Itinerante, 1ª Escola de Artes de Canela, Festival de Bonecos, dentro outros.

Segundo Sanches, o Secretário Nacional que é gaúcho já conhecia o Sonho de Natal e ficou ainda mais encantado com o evento. José Henrique deve vir ao município na Páscoa e acompanhar as atividades.

Um resultado bem importante obtido na reunião é a aprovação da lei Rouanet para o Sonho de Natal 2019, ainda em janeiro, o que é muito importante para a captação de recursos para o evento.

Henrique Pires que é gaúcho, natural de Pelotas, elogiou as ações de Canela e se comprometeu em analisar os projetos para incentivo financeiro do governo federal a cultura canelense.

“Encontros como estes são importantes para podermos mostrar as autoridades do governo federal, que Canela tem em sua essência atividades culturais que encantam os moradores e atraem turistas em todas as épocas do ano”, comentou Ângelo Sanches.

Também participou do encontro o diretor da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Mário do Nascimento.

PROJETO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO DO RS

No Ministério do Turismo, Ângelo e o diretor da Famurs, Mário Nascimento, conversaram com Eduardo Madeira, diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo. No encontro, foi apresentado o Projeto de Desenvolvimento Turístico do Rio Grande do Sul, um roteiro único no Estado para beneficiar todos as rotas turísticos.

Segundo Sanches, Canela faz parte deste itinerário que possibilitará se receber verbas para se investir na área de marketing e capacitação junto ao projeto, além de toda uma infraestrutura que será criada para beneficiar as cidades que recebem milhares de turistas.

“A intenção do projeto é se propagar para o resto do País e América Latina esses roteiros e essas cidades” frisou Ângelo.

Outro assunto de interesse de Canela, é o investimento através do Prodetur para identificação turística, urbana e rural, criação de roteiros rurais, de aventura e gastronômico, tudo financiado pelo Ministério do Turismo.