Secretaria do Meio Ambiente de Gramado lança cartilhas sobre Mata Atlântica e biodiversidade

0
422
Foto: Asscom/Prefeitura de Gramado.


Segue nesta quinta-feira (10), a 17ª Semana do Meio Ambiente promovida pela Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente. Entre as atividades propostas estão o lançamento de cartilhas, recolhimento de material eletrônico, pilhas, óleo de cozinha, além da distribuição gratuita de mudas de árvores nativas.

A Mata Atlântica é um bioma brasileiro composto por uma biodiversidade impressionante, considerada uma das áreas mais ricas em diversidade biológica do planeta. A biodiversidade, de forma simples, pode ser entendida como a variedade de vida na Terra, incluindo todas as espécies da fauna e da flora, seres microscópicos, microrganismos e toda a variabilidade genética.

Ao longo dos anos o Bioma Mata Atlântica foi reduzido a 7% de sua área original. Apesar da intensa devastação, esta rica biodiversidade ainda ostenta uma grande variedade de animais e plantas que estão sendo catalogados ou ainda serão descobertos pelos cientistas, os quais dependem de ações do poder público para a sua preservação https://bit.ly/3wbnPc0.

Estudos indicam que os remanescentes florestais, mesmo que aparentemente preservados, podem ter diminuição gradual em torno de 40% na biodiversidade devido ao isolamento ou fragmentação. A fragmentação florestal faz com que algumas áreas de mata nativa sejam pequenas demais para serem autossustentáveis, causando grande impacto na biodiversidade. Ou seja, mesmo em trechos de mata virgem o isolamento do fragmento florestal provoca queda na densidade e variedade das espécies https://bit.ly/3giYdmU.

Logo, é de extrema importância a preservação e conservação de corredores ecológicos que permitam o livre deslocamento da fauna, a dispersão de sementes e a variabilidade genética. O isolamento dos fragmentos florestais e a falta de corredores ecológicos provocam o aumento dos números de ocorrências com a fauna silvestre, sejam por conflitos com humanos ou por atropelamentos de animais silvestres.

A Secretaria do Meio Ambiente tem trabalhado de forma muito séria na questão dos resgates de fauna silvestre por entender que, além da obrigação da proteção à vida, está contribuindo para a manutenção da biodiversidade do bioma, atendendo um anseio da população em relação à proteção e cuidados com a fauna nativa. https://bit.ly/358SCug

A conservação do Bioma Mata Atlântica e, consequentemente, de sua biodiversidade, é um dever do Poder Público e da comunidade, sendo imprescindível que o cidadão reconheça a importância de sua conservação e preservação, valorize o Bioma como abrigo de milhares de espécies e estejam engajados na busca por medidas que manterão a proteção deste Bioma tão rico e tão ameaçado.