Secretaria da Fazenda inicia a elaboração do Plano Plurianual 2022/2025

0
247
Foto: Francis Jonas Limberger/Comunicação PMNP.


A Secretaria Municipal de Fazenda realizou nesta semana as primeiras reuniões setoriais para a elaboração do Plano Plurianual do período 2022 a 2025. Um dos parâmetros utilizados para as definições do projeto do PPA é o resultado da Consulta Pública, realizada através do site da Prefeitura no mês de maio. Finalizado, o projeto será apresentado e discutido em uma audiência pública e, por fim, o envio para apreciação e votação na Câmara de Vereadores.

A elaboração do PPA está sendo conduzida pela secretária municipal de Fazenda, Ariane Cristina Berti, e pelo contador Roberto Dellinghausen Silveira. Em um primeiro momento, além de depurar os resultados da Consulta Pública, estão sendo realizadas reuniões com todas as secretarias municipais.

“Estamos detalhando as projeções para os próximos quatro anos e o que a Consulta Pública nos apontou. Da mesma forma, estas primeiras reuniões já nos trazem o que está sendo planejado e pretendido pelos secretários e suas equipes em cada área”, afirma a secretária Ariane Cristina Berti.

CONSULTA PÚBLICA

Realizada de 1º a 15 de maio, através da internet, a “Consulta Pública – Nova Petrópolis 2022/2025” contou com a participação de 942 munícipes. Cada participante teve a oportunidade de apontar três prioridades para o seu bairro ou localidade.

A pavimentação e manutenção de vias foi o programa mais presente, sendo citado em 591 participações. Na sequência, saúde (359), educação (266), saneamento (212) e esporte e lazer (204). Os bairros e localidades com maior número de participações foram Pousada da Neve, Linha Imperial, São José do Caí, Vila Germânia e o Centro.

Além da indicação das áreas prioritárias, os 942 munícipes participantes deram 93 respostas extras (citações de áreas não elencadas no formulário) e ainda 510 sugestões livres.

De acordo com a secretária Ariane Cristina Berti, algumas respostas e sugestões recebidas são relacionadas a programas que já estão em andamento ou que já estavam planejadas. “De todo modo, a Consulta Pública nos proporcionou farto material para a elaboração do PPA. E acreditamos que este é um processo que ainda irá melhorar, pois os munícipes tendem a valorizar cada vez mais as oportunidades de participar nas decisões do governo e, em futuras consultas, poderemos ter ainda mais envolvimento da comunidade”, afirma Ariane.