Reunião tratou do transporte escolar para alunos do ensino médio

3
1168
A secretária da pasta, Gilça Silva, buscou entender o que vem acontecendo com o serviço, buscando, em conjunto, viabilizar uma solução. Foto: Carlos Borges.


Visando esclarecer a concessão do transporte público no município para uso do transporte escolar de alunos do ensino médio, as secretarias da Educação e de Transporte e Mobilidade Urbana estiveram reunidas nesta quarta-feira (22) com a empresa Gramado Turismo e as escolas estaduais Caramuru e Santos Dumont. Os pais que têm problemas em relação ao transporte também foram convidados a participar através das diretoras das escolas, mas nenhum compareceu à reunião.

Mesmo não sendo de competência da educação municipal o deslocamento dos estudantes das escolas estaduais, a secretária da pasta, Gilça Silva, buscou entender o que vem acontecendo com o serviço, buscando, em conjunto, viabilizar uma solução.

Na ocasião, a vice-diretora da escola Caramuru, Adriana Fattori, e a diretora do Colégio Santos Dumont, Maria Ivanete Barbosa da Silva, explicaram aos presentes que desde a alteração do horário de início das aulas por parte do Estado, elas passaram a iniciar às 7h, encerrando ao meio-dia. Assim, alguns alunos têm enfrentado problemas quanto ao transporte, havendo necessidade de sair mais cedo das aulas. Ainda de acordo com as representantes, essa situação já foi resolvida entre direção e alunos, sofrendo adaptações na saída.

Porém, alguns estudantes, moradores da Serra Grande, sofrem com o horário de chegada do ônibus. Eles chegam na Escola Caramuru na Várzea Grande às 6h30min, quando os portões são abertos somente às 6h45min. Para resolver essa questão, a Prefeitura, através da Secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana, irá verificar a possibilidade de construir uma área coberta para proteção desses estudantes que ficam expostos às intempéries nesses 15 minutos de espera.

Dessa forma, o secretário Luiz Quevedo verificará a viabilidade dessa estrutura, se há meios legais do Executivo atender a essa solicitação, mesmo não sendo de sua competência. Outra alternativa a ser estudada pela pasta é o alargamento da atual parada de ônibus próxima ao colégio para abrigo dos jovens.

Um outro caso que está sendo tratado pelo município e pelo Estado é a solução para duas alunas, moradoras da Linha Tapera, que estudam na escola Caramuru, e que ao retornarem às suas casas precisam se deslocar um trecho a pé.

Cabe ressaltar que no período de matrículas foi ofertado aos pais a oportunidade das filhas estudarem no Colégio Estadual Santos Dumont, sendo essa a escola mais viável, com transporte para ida e vinda em frente à casa.

O secretário Quevedo salienta que não é possível alterar o sistema de transporte público para atender essas demandas, pois acarretaria na ampliação da frota e linhas, bem como contratação de novos motoristas, o que ocasionaria um aumento da tarifa do ônibus atingindo diretamente todos os usuários do transporte público. Além disso, haveria a necessidade de fornecer o mesmo privilégio aos demais alunos.

Também participaram da reunião sobre o transporte, o gerente geral da empresa Gramado Turismo, Gilnei Garcia, e o fiscal dos motoristas, Sidnei Pedro da Silva.

3 COMENTÁRIOS

  1. Good day! This post couldn’t be written any better!

    Reading this post reminds me of my previous room mate!
    He always kept talking about this. I will forward this page to him.
    Pretty sure he will have a good read. Thanks
    for sharing!

Comments are closed.