Retrospectiva 2021, um olhar do Turismo em Gramado

0
462


O ano de 2021 está por findar e como de costume nos últimos dias é hora de fazer o balanço do que passou, refletir nos acertos e erros e relembrar do que principalmente ficará de aprendizado, preparamos uma retrospectiva do turismo em Gramado, com certeza esse foi um tempo de grandes desafios para o turismo no Brasil e na Serra Gaúcha, marcado por constantes mudanças, e da mesma forma para a cidade.

Nesse ano o turista se sentiu mais confiante para voltar a viajar, já que as companhias aéreas voltaram a operar, hotéis a receber hóspedes e atrações aplicaram protocolos de segurança contra a propagação do Covid-19. Esta segurança nas viagens apontou para o início de uma recuperação no setor do turismo, que já estava abalado grandemente desde março de 2020 devido a falta de vacinas e casos de mortes pelo coronavírus.

JANEIRO
O turismo na Serra Gaúcha iniciou o ano com bom e tranqüilo movimento após o réveillon, ainda com resquícios do cenário atípico de 2020, sem ressacas de grandes festas devido ao cancelamentos dos show da virada, mas esperançoso de que a demanda normalizaria. A mídia divulga a cidade de Gramado como tendência na lista do Ministério do Turismo para viagens em 2021, o destino ficou entre os mais bem apresentados em levantamento feito junto aos principais sites de busca do setor.

FEVEREIRO
A GramadoTur anunciou a confirmação da Páscoa Gramado em formato híbrido e sem aglomerações, e o Festuris confirmou a 33ª edição ininterrupta e presencial do evento. Gramado ganha um elogio comparando uma nova atração com parque da Disney, mencionado pela influenciadora Bella Falconi, o parque Fantastic House propõem experiências sensoriais e abriu a versão softopening em dezembro de 2020.
Fevereiro também anuncia a notícia assustadora de que a bandeira preta entraria em vigor 26 devido ao agravamento da pandemia Covid-19 e decisão dos governos municipal e do estado.

MARÇO
O trade turístico e lojistas defendem a ideia de que o “Turismo não é o vilão”, pedem a flexibilização de atividades em Gramado, após inúmeras reuniões inclusive com o governo do estado, se perde a segunda páscoa consecutiva, sem operações comerciais. Parques e atrações são fechados enquanto hotéis com capacidade baixa e restaurantes com limite de horários. Um mês após a Serra estar fechada, o Governador Eduardo Leite afirmou que as medidas ainda não seriam flexibilidade, nem mesmo em finais de semana ou à noite, e envia um reforço de fiscalização da capital para garantir o cumprimento dos protocolos.

ABRIL
A cidade continua fechada, o cenário agora se vê agravado devido ao cancelamento da Páscoa presencial, muitos empreendedores precisam recorrer a linhas de créditos, abalando a cadeia de funcionamento do setor. A APASG anunciou a demissão em massa de colaboradores dos seus 17 associados devido ao fechamento. Para amenizar os ânimos a Submarino Viagens aponta Gramado como o 5º destino tendência para o 2º semestre de 2021, agora com foco nos atrativos locais de natureza e atrações ao ar livre, inicia a busca crescente por experiência outdoor.

MAIO
O mês de Maio é marcado pelo tímido retomada do turismo e a flexibilização da bandeira preta. Outra motivo de grande alegria e orgulho para a cidade de Gramado, foi a premiarão ao Hotel Colline de France, eleito o grande vencedor como melhor do mundo pelo Tripadvisor Traveller’s Choice Awards. Ainda é confirmado o novo calendário da GramadoTur para o segundo semestre na cidade, com ajustes, eventos híbridos e com a responsabilidade de garantir o cumprimento dos protocolos de segurança durante a pandemia. O presidente do Sindtur confirma que a ocupação foi de apenas 15% nos hotéis.

JUNHO
O movimento no feriadão de Corpus Christi e dia dos namorados é pouco melhor apesar da bandeira vermelha. Prefeitura e GramadoTur se antecipam e apresentam o plano de contingência do Natal Luz ao governo do estado. Selfie Gramado inaugura atração instagramável com temática Mundo Gloob e o Parque de águas termais, Acquamotion inaugura em Gramado. Dia 28 Gramado e outras cidades da Serra são agraciadas com neve e o movimento das redes sociais foi intenso devido aos registros do fenômeno.

JULHO
São instaladas barreiras sanitárias nos principais acessos de Gramado, e turistas têm temperatura aferida antes de acessar o centro. O perfil do visitante deixa se ser apenas regional, e a movimentação do visitante nacional é notável mais uma vez, apesar da maioria ainda casais. A vigilância sanitária municipal atua juntos aos estabelecimentos da região com fiscalização intensa para garantir que os protocolos sejam cumpridos e o destino continue seguro. Apesar do frio a retomada dos passeios de agroturismo são a preferência.

AGOSTO
As temperaturas abaixo de zero e previsão de neve impulsionam o turismo, segue o aumento da ocupação hoteleira e melhora o movimento no comércio. Em parceria com a rede Laghetto, o WAM Group inaugurou o prometido e luxuoso resort, o Gramado Golden Resort Laghetto, gera mais de 560 empregos diretos e indiretos, com 345 apartamentos 100% comercializados na modalidade de multipropriedade, e ainda dispõem do sistema All Inclusive. A Tradicional Festa da Colônia é confirmada para Setembro.

SETEMBRO
A 30ª  Festa da Colônia de Gramado e a 49ª edição do Festival de Cinema de Gramado acontecem, ambos eventos com todos os cuidados e protocolos vigentes, porém o segundo com parte híbrido, sem o tradicional tapete vermelho na Rua Coberta. A vacinação é motivo de crescimento na expectativa do movimento e flexibilização dos protocolos permite aumento da capacidade de público nos estabelecimentos. Inicia a operação de Gramado Limousine, a nova atração fica no estilo Las Vegas. É dada a largada para venda dos ingressos do Natal Luz e mais de 15.008 foram vendidos em apenas três dias de comercialização

OUTUBRO
As cidades da Serra passam a exigir comprovante de vacinação da covid-19, esta é a medida necessário para receber gaúchos e turistas em locais fechados, como eventos, casas de espetáculos e parques temáticos e de diversão. Agora é notável a procura do destino por famílias com filhos, mesmo com crianças pequenas. Johnny Rockets, da famosa rede americana abre em Gramado. É inaugurado restaurante inspirado na gastronomia da Toscana, o Don Milo Cucina fica no novo hotel Buona Vitta. No dia 28 inicia o 36º Natal Luz, o maior espetáculo natalino do Brasil, apesar de capacidade reduzida conta ainda com novas duas atrações.

NOVEMBRO
No dia 04 inicia o FESTURIS, a Feira Internacional de Turismo de Gramado, com mais de 8 mil inscritos, 1,7 mil marcas em exposição, sendo 20 internacionais, 230 estandes, dentro de uma área de 22 mil metros quadrados o evento cresceu 64% em comparação com o ano anterior, abordou o “Turismo em Transformação”. Gramado ganha RF Vision, um restaurante giratório que proporciona visão 360 graus do Vale do Quilombo. A companhia aérea Azul iniciou a operação de novo vôos para Porto Alegre com a finalidade de levar os turistas ao Natal Luz de Gramado, em parceria inédita com a Gramadotur para patrocinar a 36ª edição do Natal Luz.

DEZEMBRO
O setor hoteleiro comemora retorno dos hóspedes, porém ainda não como nos anos anteriores. Gramado volta a ter maior demanda de turistas e mantém a posição no ranking de cidades mais procuradas para se passar férias no Brasil e no mundo. A população adulta da cidade está 98% coberta com a segunda dose contra a Covid-19. Agora já estão recuperadas as vagas que foram perdidas no primeiro semestre e o saldo de demissões é positivo. O réveillon em Gramado é cancelado e depois de 2021 ter sido um ano com altos e baixos, já é possível olhar com otimismo para o próximo ano.

Entraremos ao ano 3 do novo mundo, que reaprendeu com as conexões virtuais, na esperança de que seja o último debaixo do jugo da Covid-19. O turismo para Gramado que continua representando 86% da economia da cidade, apesar de muitas incertezas sobre o futuro, o surgimento de novas variantes do coronavírus atrapalham projeções seguras sobre como será 2022.

Sabemos que a antecipação das reservas em hotéis e de atrativos reduzir de 90 para 20 dias, isso demonstra um comportamento do consumidor com maior cautela. O setor ainda precisa de atenção política para voltar como é merecido. O turismo sustentável e de luxo serão tendência em 2022 segundo os organizadores do Festuris.

Ao final de tudo, notamos que a indústria do turismo se tornou mais resiliente, aprendeu a se fortalecer em parcerias comerciais, se reinventar e precisou olhar para o visitante com de uma forma mais humana, flexível em reservas e re-agendamentos, empresas estenderam prazos e todos tiveram que garantir segurança contra as ondas de coronavírus. A demanda represada e crescimento de público no mês de dezembro são a esperança que apontam para o novo ano, mas não pouparão as inflações e continuidade na nas medidas sanitárias.