Quando nos damos conta, já não somos mais nós…

0
379


Algum dia por aí, caminhando pelas estradas de uma vida
Suntuosa por geração, estravagante por circunstância.
Um dia como qualquer outro, vivendo como quem quer
Escolher o melhor para si, escolher o melhor para ser.

As dores que vão sendo encontradas, muito me alegram
Quando as conheço. Talvez se não as conhecesse,
Nem mesmo a mim compreenderia…

A vida está se esvanecendo, é como se as palavras não mais surgissem.
É como se nada mais fluísse, como se algum dia por aí parei.
Só sei daquilo que sei, e nada mais…

Tão engraçada é a vida, como se ela fosse somente nossa.
Como se dependesse de cada outro para completar a nossa,
Como se a implicância fosse natural, e o viver apenas social…

Mas, logo perceberei que não saí do lugar,
Que não andei, nem fluí, nem fugi
Que apenas me importei, que apenas deixei de ser…