Prefeitura de Canela contabiliza danos causados por ciclone

0
3754

O chamado “ciclone-bomba” extratropical, que atingiu todo o RS, causou estragos em Canela. Por isso a Prefeitura, por meio da Secretarias de Obras, Serviços Urbanos e Agricultura, junto com outros órgãos como Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, contabilizam os danos e buscar atender de imediato as situações. “Vamos seguir trabalhando com prioridade para ver todas as situações”, diz o prefeito Constantino Orsolin.

A Secretaria de Assistência, Desenvolvimento Social, Cidadania e Habitação também está averiguando as pessoas que tiveram casas destelhadas para tratar de adquirir telhas. De imediato, os bombeiros ajudarão com colocação de lonas (já foram distribuídos 130 metros). Segundo o secretário Osmar Bonetto, o trabalho seguirá sem pausa para fazer um levantamento de quem necessita do material. As necessidades atingem bairros como Vila Miná, Chacrão, Canelinha, Santa Marta, entre outros.

Num levantamento preliminar, pelo menos 20 residências tiveram telhados danificados, além de ruas bloqueadas por queda de árvores e mais alagamentos, segundo o secretário de Obras Luiz Cláudio da Silva, que trabalha com equipes também no Interior.

Segundo o coordenador da Defesa Civil em Canela, Marcelo Fogaça Rodrigues, inicialmente entre as demandas foram constatadas várias quedas de árvores de grande porte: seis em vias públicas, duas em residências e três sobre fios de energia elétrica.