Prefeito em exercício, Evandro Moschem, foi ao encontro dos agricultores e da população da Várzea

0
1478
Prefeito em exercício, Evandro Moschen, visitou a casa do mel acompanhado da vereadora Manu Caliari. Foto: Carlos Borges/Prefeitura de Gramado


Na condição de prefeito em exercício de Gramado, o vice Evandro Moschem (PMDB) cumpriu extensa agenda entre os dias 5 (terça-feira) e 6 (quarta-feira) de setembro. Evandro liderou o Executivo durante a viagem do titular Fedoca Bertolucci (PDT) à Brasília, em busca de recursos para o município.

Na terça-feira (5), Evandro teve contato direto com munícipe ao realizar atendimentos a comunidade na Subprefeitura da Várzea Grande, visitando escolas e postos de saúde do bairro. Ele também participou da abertura da exposição “Tridimensional III”, da Associação dos Escultores do Estado do Rio Grande do Sul – AEERGS, em parceria com a Prefeitura de Gramado/Secretaria da Cultura, no Centro de Cultura. A exposição valoriza a arte da escultura produzida pelos artistas da região.

Na quarta-feira, dia 6, Evandro visitou agroindústrias no interior da cidade, atendidas pelo Programa de Apoio à Agroindústria do município.

O prefeito em exercício estava acompanhado do secretário da Agricultura, Alexandre Meneguzzo e do secretário adjunto da Agricultura, Antônio Fávero. Também o Legislativo foi convidado a acompanhar a visita, sendo que se fizeram presentes os vereadores Professor Daniel (PT) e Manu Caliari (PRB).

Incentivo a agroindústria

Na Linha Marcondes, o grupo visitou a agroindústria de Laticínios Ruppenthal, onde foram recebidos pelos irmãos e proprietários Éverson e Rafael. O estabelecimento iniciou suas atividades em maio deste ano.

Em seguida, o as autoridades conheceram a Casa do Mel, de produção e comercialização de mel, em fase final de instalação, de propriedade de Rui Model, também na Linha Marcondes.

O Programa de Apoio à Agroindústria auxilia os agricultores no processo de construção e regularização dos empreendimentos, com terraplenagem, licenciamento ambiental, projeto arquitetônico, isenção de taxas e Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndio (PPCI).

“A agroindústria é a economia do futuro e precisamos investir nesta área. O incentivo às agroindústrias é essencial para a continuidade da agricultura familiar e para a geração de renda ao produtor rural. Cuidar do agricultor é uma das nossas prioridades”, disse Evandro.