Polícia prende fornecedor de drogas com forte atuação na Região das Hortênsias

0
1255


Na tarde de ontem (18), a Polícia Civil prendeu, preventivamente, um homem de 25 anos, apontado pelas investigações como um dos principais fornecedores de maconha da Região, agindo, especialmente, em Gramado e Canela.

De acordo com a polícia, o suspeito foi localizado em Canela, na residência de familiares, onde foi efetuada a prisão. Na sequência, em uma hospedagem, em Gramado, no quarto que ocupava, foram apreendidos cerca de um quilo e meio de maconha, balança de precisão e petrechos usados no fracionamento e acondicionamento de drogas.

Ainda foi cumprido mandado de busca e apreensão em um apartamento, na cidade Igrejinha, onde foram apreendidos documentos e resquícios de maconha.

As investigações tiveram início em abril deste ano, quando a Brigada Militar deteve um homem em Gramado, portando drogas para venda. Na oportunidade, após a abordagem, foi apreendida, com este homem, relevante quantidade de maconha, que estava em dois locais, na cidade de Canela.

Após a prisão em flagrante deste homem, a Polícia Civil, nas investigações acerca dos fatos, apurou a origem da droga apreendida, bem como que o suspeito preso ontem seria o fornecedor da maconha. Ainda foram identificados outros envolvidos no esquema criminoso.

As investigações apontaram que o suspeito chegava a movimentar, em média, oito quilos de maconha, por mês, entre Gramado e Canela, e por vezes quantidades até maiores. Inclusive, estava expandindo sua atuação na região.
Ainda, chamou a atenção da Polícia Civil que o suspeito não estava vinculado/subordinado aos gerentes do tráfico que coordenam a distribuição de entorpecentes em Gramado, no âmbito de facção criminosa, agindo como “independente”, embora a droga que comercializasse tivesse origem em organização criminosa com forte presença na região.

Também foi apurado, ao longo das investigações, que o suspeito tinha residência em Igrejinha, no apartamento alvo da busca, onde armazenava as drogas, que depois eram trazidas e distribuídas em Gramado e Canela. Na maioria das vezes, ele próprio trazia as drogas, hospedando-se nas duas cidades, onde deixava os entorpecentes armazenados e fazia a distribuição. Em alguns casos, eram os traficantes do varejo que buscavam o droga em Igrejinha.

A Polícia Civil apurou que na noite anterior à prisão, o suspeito já havia distribuído grande parte da droga que havia trazido para a região, pelo que seguem as investigações objetivando apurar o destino do entorpecente distribuído.
A prisão do suspeito, bem como a apreensão da droga e demais objetos relacionados ao narcotráfico, foi realizada pela Delegacia de Polícia de Gramado, com apoio da Delegacia de Polícia de Canela, tanto na ação quanto na troca de informações durante as investigações. Também participou da ação de ontem, no cumprimento ao mandado de busca e apreensão no apartamento do suspeito, a Delegacia de Polícia de Igrejinha.

O Delegado Gustavo Celiberto Barcellos, titular da DP Gramado, ressaltou que o trabalho de repressão qualificada ao narcotráfico é permanente e prioritário, cujos resultados obtidos são fruto da dedicação e competência do efetivo policial, em investigações complexas e que exigem muito de todos. Ainda, afirmou que o objetivo não é, unicamente, a prisão de suspeitos, mas que o contexto probatório produzido nas investigações seja robusto para que a prisão se mantenha e, ao final, resulte na responsabilização penal do criminoso.
Após os trâmites legais, o suspeito foi recolhido ao sistema prisional.