Polícia investiga caso de natimorto no Hospital de Canela

0
1530


A Polícia Civil iniciou investigações para esclarecer as circunstâncias em que ocorreu um possível caso de natimorto no Hospital de Caridade de Canela (HCC). O fato ocorreu no início da noite de segunda-feira, 4 de setembro.

Natimorto é o termo atribuído ao feto quando morre dentro do útero materno ou durante o trabalho de parto. O natimorto é o ser vivo que não “nasce” com vida, ou seja, já não se encontra com vida quando sai do corpo materno.

O pai da recém-nascida registrou queixa na DP por volta das 11 horas desta terça-feira, 5 de setembro, dando a sua versão para os fatos. O Boletim de Ocorrência (BO) foi confeccionado como omissão de socorro.

Ele relatou que não havia médico obstetra na casa de saúde e que o profissional chegou ao HCC somente 1h30 depois da entrada da sua esposa que estava em trabalho de parto. “Instaurei inquérito, vamos apurar se houve erro médico, negligência, imperícia, falta de atendimento médico, entre outras questões,” conta o delegado Vladimir Medeiros.

O corpo da recém-nascida foi encaminhado para necropsia. Um laudo vai apontar a causado óbito.

A administração do Hospital de Caridade informou que irá se manifestar em breve sobre o assunto por meio de nota a imprensa.