Polícia Civil freia avanço de facção criminosa em Gramado

0
5513
Polícia prendeu nove suspeitos e recolheu armas e drogas. (Foto: Polícia Civil)


O Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) da Polícia Civil realizou na manhã desta quinta-feira, 19 de abril, em Gramado e Canela a Operação Nevada. A mobilização policial buscou desarticular um esquema de venda de drogas onde traficantes radicados em Gramado eram financiados por uma facção criminosa com base na zona leste de Porto Alegre.

O grupo contava com recursos da facção para adquirir entorpecentes e abertura de estabelecimentos comerciais que funcionavam como fachada para a lavagem do lucro obtido com o comércio dos tóxicos. As investigações iniciaram no final de 2017.

Na ação desenvolvida entre o Denarc e a DP regional de Gramado, foram cumpridos 25 mandados judiciais. A ofensiva envolveu 100 policiais civis. Nove pessoas consideradas suspeitas de terem ligação com o bando criminosos de Porto Alegre foram detidas. Armas e uma pequena quantidade de drogas foram recolhidas pelos agentes. A ofensiva policial teve como objetivo principal frear o avanço de facções em Gramado e região.

O próximo alvo da Polícia Judiciária será apurar a lavagem de dinheiro para descapitalizar a quadrilha. A Polícia apurou que uma das lojas usadas de fachada funcionava em um conhecido Centro comercial do Centro de Gramado.

O delegado regional de Gramado, Heliomar Franco, comentou que a cidade tem recebido pessoas que chegam à região para cometer delitos. “Começamos a monitorar as atividades de alguns indivíduos que praticaram crimes de certa gravidade, até homicídios. Nossos agentes realizaram um levantamento e hoje estamos realizando prisões e apreendendo drogas. Eles se associavam com outros traficantes para potencializar o comércio de drogas na região”, afirmou.