Polícia Civil de Canela resgata adolescente que sofria violência doméstica

0
2067
Foto: Polícia Civil


A Polícia Civil de Canela foi procurada nesta segunda-feira (03) por uma senhora, a qual relatou que sua filha, menor de idade, estava na residência do companheiro, maior de idade, e vinha sendo agredida fisicamente por ele.

Diante da notícia, agentes da Delegacia de Polícia, após registro de ocorrência, compareceram à residência do investigado, localizada no Bairro Vila Miná, para verificar a situação. No local, encontraram a vítima com lesões no rosto (olhos roxos), provocadas por agressões físicas praticadas pelo investigado no último sábado (01). Os dois foram conduzidos à Delegacia de Polícia e ouvidos.

A vítima retornou ao lar da mãe.

O investigado responde pelo crime de lesão corporal no âmbito da violência doméstica e familiar contra a mulher, com pena prevista de até 3 anos de detenção.

O Delegado Vladimir Medeiros, responsável pelas investigações também esteve no local durante a diligência. A autoridade policial afirma que há muitos casos de violência contra a mulher em Canela, sendo que, em muitos deles, as vítimas não procuram a Polícia Civil para registrar ocorrência, desconhecendo a proteção que lhes é dada pela Lei Maria da Penha. Medeiros afirma que qualquer mulher que sofra violência doméstica, ou quem tenha conhecimento de algum caso, deve comunicar à Polícia Civil imediatamente para que haja proteção devida pela lei.