Polícia busca identificar envolvidos em ataque a distribuidora de bebidas

0
1145


A Polícia Civil de Canela busca identificar os outros dois bandidos que participaram na tarde de quarta-feira, 3 de janeiro, do ataque a uma distribuidora de bebidas localizada no bairro Leodoro Azevedo.

Agentes da DP do município por meio de ações de inteligência conseguiram evitar que o roubo ao estabelecimento comercial fosse consumado.

Um terceiro criminoso foi preso no momento em que o crime estava sendo executado, mas dois ladrões conseguiram escapar do cerco policial feito por um delegado e dois agentes. Investigadores descobriram até o momento que um funcionário da empresa foi abordado pelos três assaltantes por volta das 18 horas próximo a distribuidora.

O trabalhador foi rendido e colocado em um Palio verde onde estava o bando e levado novamente até distribuidora. No local, os proprietários da empresa e outros colaboradores foram surpreendidos e obrigados a deitarem no chão sob a mira de armas de fogo.

A suspeita é de que o Palio com placa de Caxias do Sul seja clonado. O veículo foi abandonado perto do cemitério do bairro Eugênio Ferreira. O mesmo funcionário que foi abordado pelos assaltantes quando deixava a empresa ficou em poder dos bandidos durante a ação.

Na fuga, ele foi levado como refém em um veículo Citroen de cor preta. O funcionário foi libertado em Gramado, mas próximo ao limite com Nova petrópolis. Os dois assaltantes teriam fugido em direção a Nova Petrópolis.

Informações privilegiadas

Na nossa linha de investigação temos elementos sólidos para identificar os demais envolvidos na ação,” comenta o delegado Vladimir Medeiros. “Esse tipo de crime ocorre geralmente com informações privilegiadas. Vamos apurar se há mais autores,” afirma Medeiros.

A autoridade policial destaca que o bandido preso em flagrante, Matheus de Lima morador de Caxias do Sul, além de tem amplo histórico policial tinha ganhado liberdade do sistema prisional caxiense na quinta-feira, 28 de dezembro de 2017. Menos de uma semana após estar solto, ele voltou a cometer crimes. O rapaz também está com uma perfuração na barriga porque foi baleado em outra ocorrência.