Para Canela, Estado deve deter controle sobre regras de distanciamento

0
867
Foto: Rita Souza.

O prefeito Constantino Orsolin participou, na manhã desta quinta-feira (30), da reunião com os demais representantes da Associação dos Municípios de Turismo da Serra (Amserra). Em pauta, o sistema de distanciamento controlado determinado pelo Governo do Estado aos municípios.

“Canela quer que o Estado mantenha a coordenação do modelo, mas que nos permita decidir sobre algumas flexibilizações próprias à nossa realidade”, diz Orsolin, que preferiu acompanhar o encontro por videoconferência, por ser do grupo de risco, enquanto os demais prefeitos e representantes de Secretarias de Saúde e assessores jurídicos se reuniram no paço de Gramado.

Para o prefeito de Canela, o Estado é o gestor e controlador do sistema de distanciamento vigente, mas pode possibilitar aos municípios da região, dentro de suas peculiaridades, a adoção de medidas de recuperação de suas economias, especialmente direcionadas aos ramos de hotelaria, comércio e serviços, parques e gastronomia.

O presidente da Amserra e prefeito de Cambará do Sul, Schamberlaen Silvestre, coordenou os trabalhos dos quais participaram os prefeitos de Gramado (Fedoca Bertoluci), de São Francisco de Paula (Marcos Aguzzolli), de Nova Petrópolis (Regis Hahn) e de Picada Café (Daniel Rückert).

Na ocasião, foi redigido documento posteriormente encaminhado à Famurs (Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul), a fim de esclarecer a entidade quanto ao posicionamento conjunto dos municípios da Amserra sobre as regras estaduais de distanciamento.  

* Com informações da assessoria de comunicação da Amserra