Para as crianças, estudar em casa é possível?

0
355
Luciane

Os estudos remotos / EAD estão sendo um desafio para as famílias, especialmente aquelas com crianças. A queixa principal é de que os pequenos não se concentram e não querem fazer as atividades que a escola manda.

Desde muito cedo, aprendemos que determinados comportamentos são aceitos em alguns lugares e, em outros, o mesmo comportamento não é tolerado. Por exemplo: mostramos para as crianças que um parquinho é espaço para correr, brincar, socializar… Enquanto que no supermercado ou em um restaurante, isso não é permitido, elas precisam ficar sentadas ou sempre perto dos familiares.

Assim, a criança vai associando seus comportamentos aos lugares que frequenta; ela vai entendendo e se “moldando” aos padrões sociais.

Quando vai para a escola, a criança aprende que ali é um espaço de aprendizagem, de socialização, que existem momentos para brincar e momentos para estudar e aprender coisas novas. A criança entende também que, às vezes, algumas atividades serão feitas em casa, mas em menor quantidade.

Quando tudo isso muda e, de repente a casa passa a ser também um espaço de aprendizagem em uma quantidade muito maior do que anteriormente, é natural que a criança não entenda, que ela fique resistente a isso.

Por isso, é necessário muita paciência e amor, para que a criança, no seu tempo, entenda as diferenças de tudo que estamos vivendo.

Luciane Morini Cassenote
Psicóloga CRP 07/24521
54 99170 5390