PampaFest foi atração no último domingo, em Canela

0
595


O último domingo, 21 de julho, foi marcado pela primeira edição do PampaFest, evento que aconteceu no Gazebo Cultural de Canela para 150 pessoas. Momentos de integração com a autêntica e moderna cultura gaúcha, além da interação com renomados músicos do estado fizeram parte das oito horas de evento, que resultou em cerca de 340 litros de chope da Cervejaria Farol, 120 kg de carne certificada angus do Restaurante Malbec, rodas de chimarrão e muitas experiências para adultos e crianças.

O público, surpreso e feliz com a vivência gastronômica e cultural, elogiou as instalações e qualidade. O ponto alto foram os shows frente a frente com os artistas que circularam e estiveram acessíveis aos participantes.

O grupo Som do Vento abriu o palco, com a apresentação do seu novo álbum, seguido de Ernesto Fagundes, Paulinho Fagundes e Edu Martins. O grande show ficou por conta de Renato Borghetti que emocionou o público com sua apresentação. Fechando com chave de outro, todos os músicos presentes dividiram o palco para o grande encerramento, disseminando desejo de uma próxima edição do PampaFest.

Para as crianças, o espaço kids foi destaque. Educação, alegria, atividades físicas e artísticas monitoradas por uma equipe que tem toda a expertise – da Academia Neusa Martinotto – garantiram um momento especial. Ginástica artística, dança, bungee dance, circo e brincadeiras foram as modalidades que envolveram os pequenos, que ao final do evento, não queriam ir embora.

Os patrocinadores foram a Mãos do Mundo, ANP, Farmina/Bichos da Serra Pet Shop, Festival Angus Malbec e Cervejaria Farol. O apoio ficou por conta de InNato, Ótica Star, Supermercado Gross/Cantagallo, GoodsBR/Grupo 20,  Matería Capitão Rodrigo, Água Hortênsias e JR Distribuidora. O hotel oficial foi o Grande Hotel Canela e a promoção da rádio Clube FM.

Os realizadores do PampaFest, Touché Cultural, Som do Vento e Gazebo Cultural ficaram gratificados em ver a ideia concebida em conjunto dar muito certo, superando as expectativas em função das parcerias e público presente. Além disso, a percepção de que a música gaúcha é desejada pelas pessoas e que o Rio Grande do Sul é um lugar fértil em referencias, todos sentem-se estimulados em trabalhar na próxima edição do evento, que deverá ocorrer daqui 3 a 4 meses