Palestra com Enéias Tavares acontece na UAB neste sábado

0
1375


Em comemoração ao primeiro ano do Polo da Universidade Aberta de Gramado, o Auditório Carlos Drummond de Andrade recebe, no próximo sábado (29), o professor Dr. Enéias Tavares para uma palestra sobre Literatura Fantástica e sessão de autógrafos, que ocorrerá das 10h às 12h. A entrada é franca e o evento é aberto a toda a comunidade.

Enéias é graduado em Letras Português/Inglês e mestrado em Literatura Comparada por uma das universidades mais prestigiadas do Rio Grande do Sul, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que oferece os cursos de Licenciatura Letras/Português e Sociologia, Formação de Professores para Educação Profissional e Especialização em Matemática para o Ensino Médio, no Polo Vera Grin.

Durante a escrita da dissertação em 2008, traduziu “Otelo – O Mouro de Veneza”, de Shakespeare, trabalho que recebeu montagem teatral sob a direção de Aline Castaman no mesmo ano. Sua tese de doutorado, em 2012, tratou da arte poética e pictórica de William Blake. Além de sua formação no Rio Grande do Sul, o autor também frequentou a Universidade de York e o Morley College of London, na Inglaterra.

Autor do livro “A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison”, Enéias recebeu o prêmio Fantasy, da Casa da Palavra/Leya, no ano de 2014. Este é o primeiro volume da série retrofuturista Brasiliana Steampunk.

O escritor tem ainda um projeto de Jogos de Cartas “Porto Alegre dos Amantes”, que consiste num jogo, no qual os jogadores dividem-se em Heróis e Vilões para salvar ou destruir de vez a cidade do Rio Grande do Sul e, talvez, o mundo. Os jogadores devem utilizar suas habilidades para conseguir alcançar seus objetivos, que mudam de missão para missão. Cartas a Vapor é um Card Game Steampunk inspirado no livro nacional ‘A Lição de Anatomia do Temível Dr. Louison’, deste autor. Ambientado no século XX, em Porto Alegre dos Amantes, traz personagens clássicos da literatura brasileira, como Bento e Sergio de ‘O Ateneu’ (Raul Pompeia), Simão Bacamarte de ‘O Alienista’ (Machado de Assis) e Solfieri de Azevedo de ‘Noite na Taverna’ (Álvares de Azevedo).