Organizar a mesa de centro não é uma tarefa difícil

0
1505
Foto: Arquivo Pessoal.


Quais adornos usar para finalizar uma decoração é uma dúvida muito frequente. Parece apenas um detalhe, mas os objetos usados para compor o décor trazem vida ao ambiente e devem combinar com a decoração e trazer a personalidade dos moradores para os espaços.

Hoje vou dar algumas dicas de como decorar as mesas de centro, que servem de apoio na hora de receber e também conferem estilo e personalidade, tornando-se um item essencial para complementar a decoração dos espaços.

Foto: Arquivo Pessoal (Cristiane Marcante Decorações).

Ao escolher a mesa de centro ideal, deve-se levar em consideração a proporção dos espaços, para que não atrapalhem a passagem e facilitem o apoio de quem está sentado.  O afastamento indicado entre a mesa de centro e o sofá é de 60cm a 80cm. A altura da mesinha deve acompanhar o assento do sofá, em torno de 30cm a 40cm. Em salas muito pequenas, elas tornam-se dispensáveis, pois podem atrapalhar a circulação. Já em ambientes amplos, elas são muito úteis pois servem de apoio e preenchem o espaço.

O material não precisa ser o mesmo utilizado na sala, inclusive ao usar outro material, o ambiente torna-se mais interessante e com personalidade. Cada pessoa tem suas particularidades e a escolha depende dos resultados que se quer alcançar. As mesas podem ser de vidro, espelho, madeira, acrílico, enfim, um universo de possibilidades. Vale ousar, apostar no inusitado.

Foto: Arquivo Pessoal. (Cristiane Marcante Decorações).

Não existe uma fórmula ideal para arrumar a mesa de centro, mas vou dar algumas dicas preciosas, afinal organizar a mesa de centro não é difícil. Pois não adianta ter uma sala linda, com belos móveis e esquecer dos detalhes. Vai ficar a sensação de que falta alguma coisa.

1 – Selecione peças bonitas, que te agradem, que tenham haver com a tua personalidade e que mereçam destaque, como vasos, caixinhas, livros com capas bonitas, bandejas. Arranjos com flores fazem toda diferença.

2 – As peças devem ser baixas, para não atrapalhar a visão. Algumas podem ter uma altura média, assim criamos um efeito de volumetria.

3 – Os objetos devem ser distribuídos de forma proporcional, simétrica e organizada. Devem ser vistos de todos os ângulos.

4 – E o mais importante, o resultado tem que te agradar. Vá testando as possibilidades até chegar no resultado que mais combina contigo!

Até a próxima semana,

Grande beijo