Operação prende dois, apreende drogas e fecha ponto de tráfico em Canela

0
2099
Operação recolheu mais de meio quilo de maconha e quantidade de crack que renderia até 440 pedras da droga. (Fotos: Polícia Civil)


A Polícia Civil de Canela conseguiu impedir na tarde desta quarta-feira, 4 de julho, que mais 654 gramas de maconha e 55 gramas de crack movimentassem o varejo e consequente consumo dos entorpecentes na cidade e região.

Trata-se de uma operação liderada pelo delegado Vladimir Medeiros que pôs fim a venda de drogas que vinha ocorrendo em uma residência na Rua Adalberto Wortmann, localizada na entrada do bairro São Lucas. Na investida policial, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, Suelen de Souza, 20 anos, e Willian de Azeredo Vieira, 19 anos.

Conforme a Polícia, ela é a dona do imóvel e Willian é apontado como o responsável por receber os usuários e distribuir as drogas no local. Investigadores vasculharam a moradia de alvenaria e encontraram o tijolo de maconha camuflado dentro de um colchão e o crack escondido do forro de madeira da casa.

Consumo no local

A residência de Suelen vinha sendo monitorada pela Polícia Civil que constatou intensa movimentação de consumidores de drogas, que depois de adquirirem maconha e crack podiam usar as substâncias no interior da casa. Quando os policiais chegaram no endereço, haviam vários usuários que foram surpreendidos pela mobilização dos agentes.

Vieira tem vários antecedentes criminais e é reincidente no tráfico de drogas. Tanto ele, quanto Suelen foram recolhidos ao Presídio de Canela.

Anjos da Lei

“Se trata de considerável quantidade de droga apreendida em atuação técnica dos policiais civis, que conseguiram identificar e prender os responsáveis pelo ponto de tráfico, que restou fechado com a ação,” avaliou o delegado Vladimir Medeiros.

A quantidade de crack que foi encontrada poderia render até 440 pedras do entorpecente de acordo com estimativa da Polícia. A ação policial faz parte da Operação Anjos da Lei, da Delegacia de Polícia Regional de Gramado, que combate o uso e o tráfico de drogas nas proximidades de estabelecimentos de ensino.

Crack estava escondido no forro da casa de alvenaria e maconha em um colchão.

Confira vídeo da ação: