Números da Saúde foram apresentados na Câmara Municipal

3
1551
Participaram da audiência os vereadores Everton Michaelsen (MDB), Luia Barbacovi (Progressistas) e Volnei da Saúde (Progressistas), como também o secretário adjunto da pasta, Denis Schell e o contador da Prefeitura, Paulo Felippe de Carvalho Pinho. Foto: Edemilson Stopassola.


Na manhã desta quarta-feira (28), a Comissão de Orçamento, Finanças e Contas Públicas, da Câmara Municipal, representada pelos vereadores Everton Michaelsen (MDB), Luia Barbacovi (Progressistas) e Volnei da Saúde (Progressistas) promoveu Audiência Pública que contou com a participação do secretário adjunto da pasta, Denis Schell e o contador da Prefeitura, Paulo Felippe de Carvalho Pinho. O intuito foi prestar contas por parte da Secretaria, quanto ao uso de Recursos, conforme artigo 12, da Portaria nº 882/2012, do Ministério da Saúde do RGMS (Relatório de Gestão Municipal de Saúde) referente ao 3º quadrimestre de 2017.

Execução de Receita e Despesa

Fonte Municipal

Saldo inicial – R$ 733.444,19
Receitas – R$ 31.165.896,02
Rendimentos – R$ 25.768,30
Despesas – R$ 31.086.590,80
Saldo Final – R$ 838.517,71 (valor comprometido com restos a pagar conforme empenhos que ficaram abertos para pagamento em 2018).

Fonte Estadual

Saldo inicial – R$ 199.505,59
Receitas – R$ 2.036.081,25
Rendimentos – R$ 26.810,19
Despesas – R$ 1.726.705,94
Saldo Final – R$ 535.691,09 (valor comprometido com restos a pagar conforme empenhos que ficaram abertos para pagamento em 2018).

Fonte Federal

Saldo inicial – R$ 1.310.696,98
Receitas – R$ 7.706.532,75
Rendimentos – R$ 135.343,43
Despesas – R$ 6.832.045,71
Saldo Final – R$ 2.320.527,45 (valor comprometido com restos a pagar conforme empenhos que ficaram abertos para pagamento em 2018).

Ao final Schell e Paulo Felippe responderam a questões da comunidade e dos vereadores. Também participaram da audiência os vereadores Erni Branchini (Progressistas) e Manu Caliari (PRB), além do vice-prefeito Evandro Moschem (MDB).

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.