Novembro azul

0
669


Novembro, mundialmente caracterizado como o mês de atenção ao cuidado da saúde do homem, em especial a prevenção do câncer de próstata, com objetivo de reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Porém as causas parece que quase não há pesquisa no assunto. Se fossem identificadas e trabalhadas, certamente este sintoma deixaria de ser a causa de morte de muitos homens.

Ocorre que, pouco trabalho ou divulgação é percebido, ao observar os meios de comunicação.

Para melhor compreender as prováveis causas do câncer de próstata, necessário é, ter ou relembrar o conhecimento genética que, via de regra, é dado no ensino médio.

Um dos focos da ciência da genética é estudar e descrever o processo de reprodução animal, nas diferentes espécies. Nos seres humanos, de forma bem resumida, é a união de duas meias células (células gaméticas), uma oriunda do pai e outra da mãe.

Nas mulheres, as células gaméticas já são “produzidas” no feto, aproximadamente três meses depois da concepção, em média 450 células gamética. Estas células, passarão a ser disponibilizadas no útero para fecundação, a partir dos doze anos e três meses.

Nos homens, a “produção” de célula gamética ocorre bem mais tarde, na média, a partir de 12 anos e nove meses de idade, num processo de produção constante, até acabar o “estoque” de células preservadas de envelhecimento.

As células gaméticas masculinas ficam “depositadas” na próstata durante dois meses, se não houver a ejaculação do homem, seja pela relação sexual ou pela masturbação. Passados dois meses sem ejaculação, o organismo absorve as células envelhecidas para produção de novas células gaméticas.

A partir deste breve resumo sobre genética, uma das causas do câncer de próstata está na baixa taxa de ejaculação, tendo em vista as inúmeras vezes que o organismo necessita absorver as células gaméticas envelhecidas.

No passado, o câncer de próstata não era problema porque a idade média de vida dos homens era mais baixa, mas na atualidade em que a longevidade das pessoas está aumentando, se não souber administrar esta lógica, a incidência de câncer de próstata irá aumentar ainda mais.