Nova Petrópolis distribuirá kits de alimentação para mais de 2 mil famílias

0
275


A Secretaria de Educação, Cultura e Desporto de Nova Petrópolis vai distribuir, aproximadamente, 2.400 kits de alimentação para os pais ou responsáveis de alunos matriculados nas Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) e nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs). Os alimentos serão entregues pelas equipes das escolas nas EMEIs e EMEFs. No dia 17 de junho, das 8h às 17h, a distribuição dos kits ocorre nas EMEIs. As famílias que possuem alunos matriculados na EMEFs poderão retirar os kits no dia 19 de junho, das 8h às 17h.

Cada família receberá um kit, portanto, se a família possui alunos matriculados nas EMEIs e também nas EMEFs, será entregue somente uma unidade por família. Na entrega dos kits, será coletada a assinatura dos pais ou responsáveis do aluno. As famílias que optarem por não retirar os kits de alimentação devem doá-los a outra família de alunos da escola, preferencialmente, àquelas em situação de vulnerabilidade.

“Esta distribuição de kits de alimentação segue determinação da Lei Federal nº 13.987, de 7 de abril de 2020, do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, explicou a secretária de Educação, Cultura e Desporto de Nova Petrópolis, Cristiane Kieling. O recurso é oriundo do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), pela Lei Federal nº 13.987, de 7 de abril de 2020, que autoriza, durante o período de suspensão das aulas em razão da situação de emergência, a distribuição de gêneros alimentícios, com acompanhamento do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), em todo o território nacional para pais ou responsáveis dos estudantes matriculados nas escolas públicas de educação básica.

Cada kit terá um pacote de arroz, biscoito, massa, sal, açúcar e farinha de milho, um óleo de soja, duas caixas de leite integral, meio quilo de feijão ou lentilha, um quilo de batata e um quilo de laranja. Além disso, as famílias receberão uma folha com orientações de como higienizar os alimentos, bem como as embalagens dos produtos.

“Caso sobrem kits, os alimentos permanecerão na escola. Os produtos com maior durabilidade ficarão nas escolas como estoque para merenda escolar. Já os alimentos perecíveis serão doados pela Secretaria de Educação, Cultura e Desporto para entidades do Município”, colocou a secretária Municipal.