“Nonno Mio Ensina-me a Ser Chef” conta com a participação de oito escolas

0
2539
Estudantes descobrem suas habilidades na cozinha por meio do concurso. Foto: Adriana Silveira.


Não são apenas os adoradores da boa comida que estão na contagem regressiva pelo 10º Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado. Neste ano, 40 alunos participantes do projeto Nonno Mio Ensina-me a Ser Chef estão vivendo uma grande expectativa, já que o resultado da competição será divulgado no dia 15, durante o evento que acontece de 6 a 16 de setembro, na Rua Coberta e na Rua Pedro Benetti.

 Valorização dos Alimentos

Desenvolvido pelo restaurante e realizado com sucesso há sete anos em Gramado, o Nonno Mio Ensina-me a Ser Chef consiste numa competição na qual alunos que têm simpatia e familiaridade com a gastronomia vão literalmente para a cozinha da escola para treinar seus dotes e aprender sobre a arte de cozinhar bem.

Ao lado deles estão professoras, merendeiras e chefs do restaurante Nonno Mio auxiliando no processo criativo. O concurso tem como regra a utilização dos itens que fazem parte da merenda escolar para a criação dos pratos. Cada escola inscrita forma um grupo com cinco pessoas que irá representá-la criando um prato para a competição. Há dois meses os chefs do Nonno Mio vêm realizando oficinas nas escolas para que os alunos possam treinar o preparo do prato que será apresentado ao júri. “É interessante ver como ao longo do processo eles vão se envolvendo e gostando de participar”, observa o chef Cassiano Melo.

Criações

Alunos do 5º ano na escola Caic, do Bairro Moura, Kelvyn Eloi, Dienifer da Veiga, Valkíria Fill Roldo, Luana Kerber Lucena e Ana Clara de Almeida Bomm estão vivendo esse aprendizado que tem fortalecido o grupo. “Minha expectativa é que saia daqui alguém que vai seguir a carreira de chef de cozinha”, revela a professora Andrea Vargas. Os testes para a criação de um rocambole italiano com massa de duas cores motivaram os alunos. Eles ficaram empolgados com a ideia de fazer um recheio diferente utilizando abóbora cabotiá e legumes com pomodoro rústico.

]A composição final dessa receita está sendo guardada em segredo para ser apresentada na primeira etapa da competição, que acontecerá no Senac Gramado no dia 4 de setembro, a partir das 9h, momento em que as equipes farão o preparo dos pratos que serão apresentados a quatro jurados: as jornalistas Bete Duarte e Fernanda Pandolfi, ao chef uruguaio Federico Tieffenberg e Pedro Andreis, representando o Nonno Mio.

Dos oito grupos participantes, três serão escolhidos como finalistas. No dia 15 de setembro eles irão apresentar suas criações cozinhando em plena Rua Coberta – palco do Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado – contando, inclusive, com a presença do público que acompanha o evento.

A escola vencedora receberá um troféu e junto com as demais participará de um passeio especial custeado pelo restaurante Nonno Mio. Participam dessa edição as escolas Caic – Carlos Nelz, Carlos Barbosa, Henrique Bertolucci Sobrinho, Maximiliano Hahn, Mozes Bezzi, Padre José Scholl, Presidente Vargas e Senador salgado Filho.

 Apoios

Este projeto tem caráter social e educativo, é direcionado a estudantes das escolas estaduais e municipais. Para realizá-lo, o Nonno Mio conta com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Educação, da sua equipe de chefs, da sensibilidade de diretores, professores e merendeiras das escolas, do Senac Gramado e da Gramadotur e Abrasel, entidades que estão à frente do Festival de Cultura e Gastronomia de Gramado.