Não somos números, somos únicos

0
1198


Passei por uma experiência a alguns dias atrás não muito boa, mas me fez refletir o quanto é importante manter o equilíbrio das nossas emoções, o que não é nada fácil neste momento desafiador que estamos vivendo.

Perdi quatro pessoas conhecidas por diferentes patologias e nos meus atendimentos acabei me comovendo com alguns relatos, me deixei envolver na vibração do medo que muitos estão passando o que me remeteu a um passado em que tive problemas de saúde e por pouco não vivi esta mesma história.

Procurei a emergência da Unimed, na minha cidade, porque estava com muita dor na barriga, pedi que me fizessem um exame de urina e uma ecografia para descartar outras coisas, não fui escutada e fui diagnosticada com Covid-19 onde fiz o teste e tive que aguardar o resultado por quatro dias para ficar pronto, que foi negativo.

Recebi uma receita bombástica sendo que sou extremamente alérgica , tentei explicar a minha situação e o doutor não me escutou, mais uma vez, apenas me disse que deveria tomar tudo aquilo e se não melhorasse era para eu retornar na segunda, sendo que isto aconteceu numa quinta e se eu tivesse uma reação alérgica era para eu retornar para reverterem.

Passou mil coisas na minha cabeça, confesso que fiquei com muita raiva, e muitos ” e se?” passaram na minha cabeça, principalmente se eu deveria tomar estes medicamentos ou não, fiquei muito ansiosa e me remeteu a história que vivi a alguns anos atrás onde fiquei internada por um mês no hospital. Hoje eu sei que foram alergias alimentares que desencadearam os processos alérgicos que tive na época e recebi muitos medicamentos por não saberem o que eu tinha, mas entendo que estavam tentando aliviar os sintomas, o que me levou a um desequilíbrio muito grande no meu organismo, levei 2 anos para me sentir bem novamente, cuido da minha alimentação até hoje.

Quando lembrei disso tudo optei em não tomar estes medicamentos e busquei ajuda de outros profissionais e amigos que confio que me ajudaram a me acalmar, fiz alguns exames e me auto apliquei tudo que eu sabia principalmente para manter o meu equilíbrio emocional, fiquei muito abalada e foi um transtorno tudo isto.

O que aconteceu foi que fiz novamente um quadro alérgico e não quero nem pensar o que poderia ter me acontecido se eu tivesse tomado todos esses medicamentos sem ter certeza do meu diagnóstico.

Não estou escrevendo tudo isto para criticar este profissional, de maneira alguma, acredito que deveria estar apavorado com a realidade que está vivendo e me colocou neste protocolo de atendimento, nem aos médicos que me atenderam no passado, sou muito grata à todos, eles fizeram a parte deles , me viraram do avesso e descartaram tudo que foi doença, e hoje sei que de alguma maneira eu criei esta realidade para a minha vida, estava me alimentando mal, estressada, e na época, infeliz. O único erro foi não terem escutado a minha história na essência para compreenderem os sintomas para então investigar e depois dar um diagnóstico e medicamentos.

Hoje eu tenho este entendimento para falar disso o quanto é importante todos que trabalham na área da saúde ou que lidam com pessoas escutarem na essência os seus pacientes ou clientes, SOMOS ÚNICOS, podemos ter as mesmas patologias, os mesmos sintomas, mas ainda, assim, somos diferentes e não necessariamente devem seguir o mesmo protocolo de atendimento igual para todos.

Aprendi muito durante todo este meu processo a conhecer o meu corpo, a entender os meus sentimentos, e com isso mudei também a minha maneira de atender e ver o outro de maneira única.

Nosso corpo é perfeito, ele reage a tudo que não está bem, seja por sentimentos, alimentação, tudo que nos desequilibra, nos intoxica, pois não existe doença e sim a falta de saúde, falta de equilíbrio emocional, falta de uma alimentação equilibrada, falta de conhecimento.

A nossa mente é incrível, quanto mais estudo sobre isto, mais fico surpresa e fascinada e também frustrada por perceber o quanto ainda não sabemos usá-la a nosso favor, e o quanto não sabemos ainda ter o controle das nossas emoções, o que é fundamental. Esse é o caminho para a saúde física e emocional.

Vejo que já tem muitos profissionais da área da saúde que estão buscando novos caminhos, principalmente em ver o seu paciente como um todo, não tem mais como separar nosso corpo em partes para tratar e nem mesmo separar o físico do emocional e do espiritual, tudo está interligado e a cura só acontece quando todos estes corpos estão alinhados e também não depende só do profissional e sim de cada um fazer a sua parte e querer buscar o autoconhecimento.

Esta busca é eterna, saber lidar com os sentimentos e conseguir manter este equilíbrio emocional é o que nos mantém saudáveis, não quer dizer que não vá ter outros problemas, mas saber lidar com as situações mantendo o equilíbrio podendo assim sair mais rápido da situação que se encontra e o corpo responder a isso o mais rápido também.

Eu não consegui sozinha, busquei e busco ajuda quando preciso de vários profissionais e amigos que confio, seja médicos, acupunturistas, homeopatas, reikianos, nutricionistas, terapeutas, faço o que eu acredito e sei que vai me ajudar. Tento equilibrar o meu físico, o meu emocional e meu espiritual, nutrindo com alimentos saudáveis, bons pensamentos e me conectando na minha fé.

Todos os profissionais sã necessários e importantes, cada um na sua área, mas acredito num futuro ainda distante que teremos profissionais com o foco de um corpo único vendo o todo, que somos corpo, mente, emocional, espírito sem ter que separar em partes e para vários profissionais em diferentes áreas tratarem e acredito ainda num futuro ainda mais distante que é possível cada um buscar a sua cura, temos o poder para isto, mas ainda temos que aprender muito , principalmente como usar a nossa mente de maneira próspera e positiva e como ter o controle das nossas emoções.

Esta reflexão deixo a todos vocês, foi apenas um susto que levei, mas se eu não tivesse mantido o meu equilíbrio emocional, talvez eu estaria repetindo a mesma história que vivi há anos. Deixo esta dica, nada acontece por acaso, somos responsáveis por tudo que passamos e podemos sim ter o controle das nossas emoções e das nossas vidas. E você está disposto a mudar? Comece com pequenos passos, cuide mais da sua alimentação, busque fazer o que gosta, busque nutrir a sua mente com pensamentos positivos, busque escutar coisas boas, ser melhor a cada dia, comece a SER e VIVER hoje como gostaria.

SEJA A SUA CURA!