Não somos 100% racionais

13
1863
Foto: internet.


Racionalidade pressupõe conhecimento, logo é unanimemente impossível um ser deter conhecimento, em profundidade, de todas áreas. Este é o fator que determina o quão somos racionais. Observe o que ocorre com você quando é confrontado com um tema que você desconhece totalmente. Não surge uma sutil sensação de medo ou insegurança? Pois é nesse momento que o aspecto animal ou irracional aflora.

Mesmo com a evolução do conhecimento, que sempre esteve presente, nos momentos da vida humana, porém na atualidade, com o recurso da computação, este processo ficou mais acelerado. Logo, passou-se a ser considerado a “revolução do conhecimento”. Muitos associam esta expressão com novas tecnologias e novos recursos de comunicação, porém nesta coluna, o foco do conhecimento será do ser humano, em face de maior longevidade do animal humano, visto que, ao nascer, temos 150 anos para viver, se vivermos equilibradamente, saúde física e saúde mental.

A novidade está no limite máximo de vida humana, que ficou claro a partir do experimento de clonagem feito com a ovelha Dolly.
Há mais de dois e quinhentos anos atrás, a expectativa média de vida das pessoas era inferior a 40 anos, a exceção dos filósofos, por exemplo os mais conhecidos: Pitágoras (582 a 497 a.C.) 85 anos, Sócrates (470 a 399 a.C.) 71 anos, Platão (427 a 347 a.C.) 80 anos.

A questão que suscita é: por que estes filósofos viveram mais que o dobro da média da população? A resposta está no conhecimento que eles tiveram.
De acordo com o IBGE, em 2016, a expectativa de vida média no Brasil era de 75,6 anos. Já no Japão esta expectativa era de 89,8 anos.
Isso tudo sugere que ainda tem muito a aprender para melhorar, quanto mais conhecimento tiver, mais fácil a vida será, pessoas mais consciente de seus direitos e deveres.

Atitudes proativas estão atreladas a racionalidade, enquanto que as atitudes reativas estão atreladas a irracionalidade. Conhecimentos só facilitam a vida.

13 COMENTÁRIOS

  1. Generally I don’t learn post on blogs, however I wish to say that this write-up very
    compelled me to try and do it! Your writing style has been amazed me.
    Thanks, quite great article.

  2. Simply wish to say your article is as astonishing.
    The clarity in your post is just cool and i could assume you are an expert on this subject.

    Well with your permission allow me to grab your RSS
    feed to keep up to date with forthcoming post.
    Thanks a million and please keep up the enjoyable work.

  3. I think this is one of the most vital info for me.
    And i’m glad reading your article. But should remark
    on few general things, The website style is great, the
    articles is really excellent : D. Good job, cheers

  4. Howdy just wanted to give you a brief heads up and let you know a few of the images aren’t loading properly.
    I’m not sure why but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different web browsers and both show the
    same results.

  5. Hello there! I could have sworn I’ve been to this site before but after checking through some of
    the post I realized it’s new to me. Anyways, I’m definitely happy I found it
    and I’ll be bookmarking and checking back frequently!

  6. My coder is trying to persuade me to move to .net from PHP.
    I have always disliked the idea because of the costs. But he’s tryiong none
    the less. I’ve been using WordPress on a variety of websites for about a year and am worried about switching to another platform.
    I have heard great things about blogengine.net. Is there a
    way I can transfer all my wordpress posts into it?
    Any kind of help would be really appreciated!

Comments are closed.