segunda-feira, janeiro 17, 2022

Flutua pesado

um vento varreu a credulidadeque até entãoninguém tinha se dado conta que tinhacomo assim,achar sete chaves nas redondezasantes de amanhecer?todos estavam boquiabertos.Renan foi o primeiro a falar:“meu irmão, sabia que ia dar bom colarlá no Thiago!se liga...

Fora da casinha

“ah não, perguntei primeiro!fala aí, alguém sabe a senha?”“mariposa loka! mariposa” “shh!cê quer estragar a parada?! fala baixo!ó, galera,ceis são parte dos convidados, vieram, pá,e agora deram início ao jogoceis vão ter queencontrar sete chaves por aquisempre...

Signs of the times

para Osvaldo Amorim o som está perfeito(perto das nove) nossa, como mudoue pensar que antesera só sal e pimenta do reino agora esses temperos novospovoam a cozinha

Contra-ataque

a dúvida é o preço da pureza,dizia a cançãoque tocava no restaurante perto dali.mesmo que o movimento tivesse caído,ainda havia turistas pelo centrocurtindo a cidade até não poder maiscomo os lojistas dizem,vazioé quando não vai render mais.eram...

Gaivota

                a João W. há um buraco no meio da sua propriedade é o lago o dia quente

A senha, senhora

“não importa que tenha uma parte faltandoé aquilo que o Jorge falouse há um círculo,o que tem dentro ou fora não importa mais”“Minnie, eu não falei isso, falei que normalmenteas pessoas ignoram uma infinidade de coisasquando conseguem...
eles se entreolharam observando a si própriosaquele oco escuro de raiva, silenciosa e inadiávelà revelia de toda brancura bordada entre os seuso desejo de morte,a fuga soturna capaz de atear fogoem suas próprias casas em um piscar...

Magnetismo

“algo de errado não está certo,meu caro amigo tiktoker.você quer dizer que eu também sou culpado por essa merda toda?”“você não é o criador do problema, Robledovocê passa o bastão dentro de um enorme círculo fechado”“cara, eu...

dia 28

para Eric Corrêa Todos as ideias me corremcomo um impulsocomo se eu pudesse cavalgarem cima de mim mesmaé você, meu desafianteque me estica os braçosideias e ideias que solapam o provável

Vazando pelas bordas

“pessoal, posso ler uma coisa pra vocês?indiretamente tem a ver cos caras do lago:‘anos se passam sem que o essencialseja dito.mesmo indo de encontro a essa artéria pulsantea vida parece uma tangente.acontece até do dizer estar vivo...