Motoristas podem optar por versão digital da CNH

0
1128
A utilização só é permitida para quem tem o documento impresso com QR Code no lado interno da Carteira. Foto: Divulgação.


Com a modernização de softwares, se amplia cada vez mais aplicativos e ferramentas para agilizar e facilitar o dia a dia do cidadão. Uma das novidades é a Carteira Nacional de Habilitação eletrônica que está sendo implantada nos Estados brasileiros desde 2017. Até 1º de julho de 2018, todos os Detrans do país deverão estar aptos a emitir a CNH eletrônica, disponibilizada em aplicativos de celular para as plataformas iOS e Android.

Imagem acessada com um clique

A utilização da CNH-e só é permitida para quem tem o documento impresso com QR Code no lado interno da Carteira. Este QR Code só aparece nos documentos emitidos a partir de maio de 2017. O condutor pode pedir emissão da 2° via da Carteira ou aguardar a data do vencimento da mesma.

Para adquirir a CNH-e, o condutor deve se cadastrar no site Denatran onde será gerada uma senha. Condutores que já se cadastraram no SNE (Sistema de Notificação Eletrônica) podem usar a mesma senha de cadastro para se registrar no CNH-e. A partir daí deve-se baixar dois aplicativos: um para leitura do QR code na carteira de papel e outro para gerar a habilitação eletrônica (CNH Digital, desenvolvido pela SERPRO). A CNH-e tem a mesma validade jurídica que o documento impresso oferece. Não é obrigatória.

A versão impressa continuará sendo emitida normalmente, mas o condutor poderá dirigir apenas com a CNH-e. Nesse caso, deverá atentar para o funcionamento de seu smartphone, já que, para efeitos de fiscalização, se o aparelho estiver descarregado, será considerado que a CNH não está sendo portada. O condutor será autuado com base no artigo 232 (conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório), uma infração leve que prevê multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento. A CNH-e é acessível offline, sem necessidade de conexão wi-fi ou dados móveis habilitados.

Mantenha seu cadastro atualizado junto ao Detran

Uma das exigências para o uso da habilitação eletrônica é a informação e/ou atualização de dados nos Detrans. Quem tiver um certificado digital, como o e-CPF da Parceria/Serasa Experian poderá fazê-la diretamente pelo portal do Denatran, mediante validação eletrônica de acesso.

Certificado Digital

É o documento eletrônico que permite a comprovação da identidade de uma pessoa, empresa ou site. Tudo isso para assegurar as transações online e a troca eletrônica de documentos, mensagens e dados. Na serra gaúcha, uma das entidades que emite ou renova certificados digitais (tanto PF, quanto PJ) é o Sindilojas Hortênsias. Mais informações pelo telefone (54) 3286-9288.