Lançamento do projeto Memorial Walter Bertolucci é marcado por missa solene

2
1274
O monsenhor Lídio Schneider veio especialmente para a missa in memoriam. Foto: Laura Silveira.


O lançamento do projeto Memorial Walter Bertolucci foi marcado por uma missa solene na tarde de sábado, 12, na Igreja Matriz São Pedro, em Gramado. A data não foi escolhida ao acaso, pois no domingo, 13, Walter completaria 97 anos.

O pároco Celestino Fritzen comandou o rito ao lado do monsenhor Lídio Schneider, que atualmente reside em Dois Irmãos e veio especialmente para a missa in memoriam. Bastante querido na comunidade gramadense, o religioso possui grande vínculo de amizade com a família do ex-prefeito e teve recepção calorosa no retorno a paróquia que comandou por 15 anos.

O monsenhor Lídio enfatizou o legado político de Walter Bertolucci no processo de emancipação de Gramado. No entanto, destacou também o papel do pai presente na família e do cidadão inserido na comunidade. “Sua maior grandeza não foi a autoridade, mas a simplicidade. Ele foi um pai amoroso e presente. Fez coisas simples, mas ao mesmo tempo grandiosas”, recordou.

Participações
O rito religioso contou com a participação do coral São Luiz, regido por Alexandre Meneguzzo. As netas Mariana e Daniela e as bisnetas Antônia e Joana fizeram leituras durante a missa. O filho João Alfredo de Castilhos Bertolucci, o Fedoca, foi o responsável pela elegia fúnebre.

 Exemplo
O sorriso farto e fácil do pai foram lembrados por Fedoca. Considerado pela família como um bom ouvinte, excelente contador de histórias e dono de um enorme coração, Walter procurou ensinar aos filhos a importância da simplicidade e da retidão para construir uma vida digna. “Rígido em seus hábitos e crenças, pontual, gentil e sério, afetivo e determinado na mesma medida.

À família e com as muitas pessoas com quem conviveu ao longo da vida, Walter ensinou que é possível ser firme nas convicções e nas atitudes, sem ser indelicado. Que para ter disciplina não é preciso deixar de ser alegre e, principalmente, que todas as pessoas devem ser tratadas com o mesmo respeito”, reconheceu o filho mais novo, Fedoca.

Memorial
O Memorial Walter Bertolucci é um conjunto de ações em busca da valorização das origens de Gramado. Com forte influência política nas décadas de 1950 e 60, Walter Bertolucci foi o líder da comissão emancipacionista e usou de sua visão extremamente arrojada e empreendedora em favor do desenvolvimento da cidade.

O projeto engloba ações de cunho histórico e também de caráter social, buscando perpetuar este que foi um de seus maiores legados. Uma exposição iconográfica sobre vida e obra do primeiro prefeito de Gramado, a edição de um livro e a inauguração de um monumento também estão previstas no decorrer dos próximos meses. Mais informações em: www.memorialwalterbertolucci.com.br.



2 COMENTÁRIOS

  1. With havin so much content do you ever run into any problems of plagorism or copyright infringement?
    My site has a lot of completely unique content I’ve either written myself
    or outsourced but it looks like a lot of it is popping it
    up all over the web without my agreement. Do you know any methods to help reduce
    content from being ripped off? I’d genuinely appreciate it.

  2. Definitely believe that which you stated.
    Your favorite justification seemed to be on the web the simplest factor to understand of.
    I say to you, I definitely get annoyed at the same time as folks think about concerns that they just do
    not realize about. You managed to hit the nail upon the top and also
    defined out the entire thing with no need side-effects , people could take a signal.

    Will probably be again to get more. Thanks

Comments are closed.