Médicos decidem manter a paralisação no São Miguel

0
1500
Corpo Clínico mantem paralisação referente a procedimentos eletivos. Foto: André Aguirre.


Na última segunda-feira, 13 de novembro, aconteceu uma Assembleia Geral Extraordinária do Corpo Clínico do Hospital Arcanjo São Miguel onde os médicos decidiram seguir com a paralisação dos procedimentos eletivos enquanto o SUS continuar deficitário no Hospital.

Segundo a direção do Corpo Clínico, a determinação ocorreu por três motivos: os médicos não tiveram seus vencimentos atrasados pagos integralmente e sim parte deles (produção foi parcelada em quarto parcelas), o município não se comprometeu a cobrir o déficit mensal gerado por todos os setores do SUS e não há garantia contratual do valor de sobra da Câmara Municipal ser destinado integralmente aos custeio de cirurgia eletiva (material, equipamentos, serviço médico). Contudo, conforme decisão em assembléia anterior, a paralisação continua.

A Prefeitura informou que irá se manifestar sobre o assunto em breve.