Mais de 350 crianças participaram da Gincana do Patrimônio

0
1331
Após a gincana, as crianças ganharam um café colonial, com produtos vindos diretamente do interior da cidade. Foto: Miliena Dallarosa.


Mais de 350 crianças participaram da Gincana do Patrimônio, na última terça-feira (28), no Lago Joaquina Rita Bier. Coordenada pela supervisora administrativa da Secretaria da Cultura, Margarete Inês Anschau e orientada pelos especialistas em Museografia e Patrimônio Cultural Fernanda Valente de Souza e Rodrigo Lobato Schlee, os estudantes do 4º ano das escolas de ensino fundamental da rede de ensino do município divertiram-se com atividades de pergunta e resposta sobre o reconhecimento e preservação do patrimônio material e imaterial de Gramado. O objetivo era fixar o conteúdo aprendido nas semanas anteriores, quando os alunos participaram de palestras, visitas ao o arquivo público e as exposições de arte no Centro de Cultura Arno Michaelsen, durante a Semana da Educação Patrimonial.

Participaram das atividades as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Padre Anchieta, Vicente Casagrande, Moses Bezzi, Senador Salgado Filho, Padre Scholl, Nossa Senhora de Fátima, Gentil Bonato, Henrique Bertolucci Sobrinho, Pedro Zucolotto, Dr. Carlos Nelz (CAIC), Presidente Vargas e Maximiliano Hahn.

O Secretário da Cultura, Allan John Lino, participou das atividades com os alunos e ressaltou a importância deste projeto. “É o resgate do patrimônio material e imaterial, pois só com esse conhecimento cultural dentro de um projeto de política pública, que é o Cultura Aberta, desenvolvido pela secretaria, podemos criar futuros cidadãos que preservem a historiografia da nossa cidade como um bem maior. Não podemos deixar também de salientar que a participação dos servidores da pasta foram fundamentais para essa união de forças que transformou esse projeto em realidade. Agradecemos à Margarete, que comandou toda a parte da educação com as crianças durante a Semana Patrimonial”, destacou.

Após a gincana, as crianças ganharam um café colonial, com produtos vindos diretamente do interior da cidade, para trazer aos alunos novas experiências, como a de saborear produtos originários das nossas raízes, fortalecendo o “saber fazer”.

A Semana da Educação Patrimonial é promovida pela Prefeitura de Gramado e pela Secretaria da Cultura, e visa trazer a compreensão, a importância e as características do que é a cultura regional e a importância dos principais bens culturais da cidade, aos alunos dos 4º anos da rede municipal de ensino.