Líder de quadrilha planejava outros roubos em Canela

7
2374
Leandro Henrique Brussius Foss, vulgo Piti, tem antecedentes criminais por roubo, furto e receptação de drogas. Foto: Polícia cívil


À pedido do chefe da Polícia Civil em Canela, delegado Vladimir Medeiros, a Justiça decretou a prisão preventiva (por tempo indeterminado) de quatro das cinco pessoas detidas em caráter temporário entre os dias 11 e 12 de setembro acusadas de envolvimento no assalto a um casal proprietário de um mercado na cidade.

O crime ocorreu por volta das 20 horas, de 4 de setembro, no Rancho Jane, próximo ao bairro Saiqui. Os criminosos também são suspeitos de roubarem outros comerciantes do município.

A investigação concluiu que o proprietário de uma lavagem de veículos no bairro Canelinha, Leandro Henrique Brussius Foss, 41 anos, vulgo Piti, era o chefe do bando e foi o responsável por articular o ataque.

A Polícia descobriu que ele planejava executar, no mínimo, mais três assaltos. Dois empresários e um comerciante residentes no município seriam as próximas vítimas. “Apuramos que a intenção dele (Piti) era realizar outros crimes, ele tinha mais alvos em mente,” revela o delegado Medeiros.

Prisões em Caxias do Sul

Conforme a autoridade policial, outros integrantes da quadrilha considerados foragidos estão sendo procurados. O bando liderado por Piti foi desarticulado na terça-feira, 12 de setembro, durante operação realizada pela DP de Canela com apoio da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec), em Caxias do Sul, cidade onde os criminosos moravam.

Na ocasião, foram presos Bruna Maia Pereira da Silva, Éric Cezar Maia Daniel, André Bicca Lopes e Shaidi Daniel Batista. Os quatro foram os executores do roubo ao casal de empresários no Rancho Jane.

O Judiciário canelense decretou a prisão preventiva de Leandro Henrique Brussius Foss,o Piti, Éric Cezar Maia Daniel, André Bicca Lopes e Shaidi Daniel Batista.

Grupo executou roubo à residencia de proprietários de mercado em Canela. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Bandidos de fora de Canela

Piti estava cumprindo pena do Presídio Estadual de Canela, mas desde que ganhou a liberdade passou a atrair bandidos forasteiros, principalmente de Bento Gonçalves e Caxias do Sul para efetuarem assaltos contra o comércio e residências em Canela.

Conforme a Polícia Civil, com essa estratégia, Piti acreditava que conseguia evitar as identificações e consequentes prisões dos seus comparsas.

Ele tem histórico policial que inclui crimes como roubo, furto, receptação e tráfico de drogas. Piti e outros três integrantes do bando estão reclusos no sistema prisional a disposição da Justiça.



7 COMENTÁRIOS

  1. Howdy just wanted to give you a brief heads up and let you know a few of the
    pictures aren’t loading correctly. I’m not sure why
    but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different web
    browsers and both show the same outcome.

  2. This design is incredible! You definitely know how to keep
    a reader amused. Between your wit and your videos, I was almost moved to
    start my own blog (well, almost…HaHa!) Great job.
    I really enjoyed what you had to say, and more than that, how
    you presented it. Too cool!

  3. Thank you for any other excellent post. Where else may just anybody get that kind of information in such a perfect means of writing?
    I’ve a presentation next week, and I’m on the look for such info.

Comments are closed.