“Ele vai ser preso, isso eu posso garantir,” afirma delegado sobre homem que matou casal de idosos

0
2168
Foto: Arquivo/Gramado FM


“Nós vamos continuar procurando ele (Veja), o crime está esclarecido, a motivação foi latrocínio. Algumas nuancem ainda precisam ser apuradas. Ele vai ser preso, isso eu posso garantir,” afirmou o delegado, em coletiva na tarde desta terça-feira (28), sobre o crime bárbaro que vitimou Mário e Jorlita Wolff, na última semana, no bairro Várzea Grande.

Forças de segurança do litoral estão em estado de alerta, uma vez que há mandado de prisão preventiva expedido pelo Judiciário gramadense contra Renato Lourenço, o Veja.

O assassino é um velho conhecido da Polícia Civil. Ele já esteve envolvido em delitos como tráfico de drogas. Na ficha Policial dele ainda constam furtos, posse de entorpecentes, receptação, ameaça e resistência à prisão.

Em relação ao possível abuso sexual de Jorlita, o delegado Gustavo Barcellos salienta que este fato não está descartado, mas somente a necropsia poderá confirmar se a idosa também foi vítima de estupro. “A cena do crime permite essa ilação”, diz Barcellos.

Renato Lourenço está sendo procurado pela Polícia. Foto: Facebook/Reprodução