Labirinto Verde de Nova Petrópolis receberá calçamento na parte interna

0
614

O atrativo turístico que recebe milhares de visitantes durante o ano e proporciona diversão a crianças e adultos receberá melhorias a partir da próxima segunda-feira, 29 de junho. A Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio, investirá no calçamento do caminho interno do Labirinto Verde para conservação e preservação dos ciprestes que formam o desenho do atrativo turístico e para oferecer uma experiência melhor aos moradores e visitantes.

“Este será um importante incremento na estrutura do atrativo turístico que é um dos cartões postais de Nova Petrópolis. Vamos aproveitar este momento de pandemia e que o espaço está fechado para realizar a obra. E, depois que tudo passar, turistas e moradores poderão ter uma experiência melhor no labirinto porque hoje, em com a brita, levanta poeira em dias de sol e, em dias de chuva, formam poças no trajeto”, enaltece a secretária Municipal de Turismo, Indústria e Comércio, Roberta Liane da Silva.

O Labirinto Verde terá aproximadamente 300 metros de pavimento por um metro de largura. A empresa TRV Empreiteira de Calçamento e Muros Ltda. prestará o serviço e o fornecimento de materiais para a obra pelo valor de R$ 52,00 o metro, conforme registro de preços. A obra será realizada em duas partes; o primeiro empenho tem valor de R$ 7.800,00, referente a 150 metros de pavimento. A segunda etapa será encaminhada após a conclusão da primeira parte.

Durante o mês de junho, funcionários da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio reformaram a estrutura central do Labirinto Verde, incluindo mais níveis e maior largura aos degraus e instalando corrimão. Uma placa de informações sobre o atrativo também será instalada no centro do labirinto nos próximos dias.

“O calçamento no Labirinto Verde será importante para manutenção das plantas que formam o espaço. Com a limitação do bloqueto, conseguiremos adubar os ciprestes com mais eficácia, porque o material permanecerá mais tempo agindo na raiz das plantas. Isso não acontecia antes devido à movimentação das britas gerada pelo fluxo de visitantes. Além disso, o bloqueto permite a irrigação do solo e escoamento da água que também ajudarão a manter as plantas mais saudáveis”, explica o coordenador do Horto Municipal, Alexandre Lanius da Silva.