Kits de alimentação escolar serão entregues nesta quinta-feira

0
3266


Nesta quinta-feira, dia 30, kits de alimentação escolar serão entregues para as famílias dos alunos da rede municipal de ensino. No total devem ser entregues 3.316 kits em 28 escolas. Os produtos podem ser retirados das 12h às 18h, nos locais marcados como preferenciais pelos pais ou responsáveis quando realizaram a pesquisa online sobre a realidade dos estudantes.

Durante a manhã desta quarta-feira, dia 29, professores, funcionários e diretores se reuniram na Universidade Aberta do Brasil (UAB-Polo Gramado) para receberem as orientações sobre os procedimentos a serem desenvolvidos, tanto na montagem, quanto na organização das escolas e entrega final dos produtos. Entre as solicitações, foi reforçado que deve-se usar equipamentos de proteção individual, como máscaras e luvas; disponibilizar álcool gel para uso dos funcionários e famílias dos estudantes; deixar os ambientes ventilados e delimitando o espaçamento/distanciamento necessário entre as pessoas; utilizar os espaços dos pátios, visto serem ambientes abertos; e evitar aglomerações, utilizando mais salas se for preciso.

Para o prefeito de Gramado, Fedoca Bertolucci, a medida foi muito importante para auxiliar a comunidade da rede educacional. “O suprimento de alimentos aos alunos é de extrema relevância, por isso estamos reunindo todos os esforços possíveis na busca de atender as necessidades. Além disso, conseguimos fortalecer a atividade interna com a compra de itens produzidos pelos nossos agricultores”, afirma.

Merenda escolar é repassada através do Governo Federal

O município recebe do Governo Federal, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), os seguintes valores por aluno/dia: R$ 1,07 (creches), R$ 0,53 (pré-escola); R$ 0,36 (ensino fundamental e médio); e R$ 0,32 (Educação de Jovens e Adultos).

Assim, de acordo com a modalidade de cada estudante da rede municipal, os mesmos terão direito a um kit de alimentos. Devido ao não interesse de algumas famílias, o valor foi maior do que o esperado. As sacolas estão sendo montadas com itens vindos da agricultura familiar. Cada responsável receberá um conjunto de produtos nos seguintes valores:

– Creche: R$ 35,50

– Pré-Escola: R$ 17,70

– Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos: R$ 10,40

O valor nutricional não foi esquecido na hora de elaborar as sacolas. Uma equipe composta por diversas nutricionistas montou diferentes propostas de kits, com proteínas, carboidratos e vegetais/frutas inclusos para complementar a refeição dos alunos.

Agricultura familiar traz alimentos frescos e de qualidade

Para esta ação da entrega dos kits de alimentação escolar, a Secretaria da Educação trabalhou em parceria com a Secretaria da Agricultura e Emater. 10 agroindústrias e 40 famílias de agricultores, que já trabalham e fornecem parte de seus cultivos para a rede de ensino, participaram ofertando seus produtos direto das hortas. Batatas, ovos, repolhos, laticínios e sacos de feijão e açúcar mascavo são apenas alguns dos itens entre as mais de 20 opções de itens. Conforme Elisa Schreiner, coordenadora das Agroindústrias da Secretaria Municipal da Agricultura, o programa é uma forma de garantia de renda para os produtores. “No momento que essas famílias tem contrato com a Prefeitura, os agricultores sabem que terão uma remuneração fixa vinda através desse trabalho. E para algumas dessas famílias, esse valor representa aproximadamente 80% de toda sua renda anual”, comenta.

A qualidade é ressaltada pela Secretaria Municipal da Educação. “O alimento que nosso aluno tem nas escolas, terá em sua casa. Sem agrotóxicos, colhidos recentemente e com um alto valor nutricional”, destaca Maria Gorete Rodrigues da Silva, secretária da Educação. Proteínas, como leite, queijo e iogurte serão entregues pelos agricultores na manhã de quinta-feira, para preservar as características e condições dos produtos.

Destinação dos kits para as famílias foi autorizado pelo CAE Conselho Municipal de Alimentação Escolar e é uma proposta da Secretaria Municipal da Educação

A destinação destes kits de alimentos às famílias dos alunos da rede municipal foi proposta pela Prefeitura de Gramado, Secretaria de Educação e está autorizada através de resolução federal e a nível local pelo CAE.