Juventude do PMDB é contra o voto distrital e defende a reeleição de Sartori

0
1008
Governador Sartori recebeu muitas mensagens de apoio a reeleição. Foto: André Aguirre


Gramado sediou no último domingo, 6 de agosto, Encontro Estadual da Juventude do PMDB. Em sua 11ª edição, o evento teve como tema principal a Reforma Política. Os debates ocorreram no Teatro Elisabeth Rosenfeldt junto à Câmara de Vereadores mobilizando jovens peemedebistas de todas as regiões do Rio Grande do Sul. O encontro também reuniu lideranças experientes do PMDB, como o chefe do executivo gaúcho, José Ivo Sartori, os deputados federais Alceu Moreira (presidente do partido) e Jones Martins, além dos estaduais Tiago simon e Edson Brumm. Prefeitos e vereadores de Gramado e de várias cidades do RS também prestigiaram o seminário promovido pela ala jovem do PMDB. O encontro concluiu que os jovens peemedebistas são contra o modelo de eleição por regiões, o chamado Voto Distrital.

Vice-prefeito Evandro foi um dos oradores. Foto André Aguirre

Juventude precisa ergues novas bandeiras”, diz Evandro

O vice-prefeito de Gramado e fundador da Juventude do PMDB no município, Evandro Moschem foi um dos anfitriões do encontro. “A juventude precisa cada vez mais ser rebelde, estar na vanguarda e erguer novas bandeiras porque a política muito e nós temos que entender esse novo jeito de fazer política. A juventude do partido precisa liderar esse processo” declarou Moschem. Ele também defendeu a fidelidade da militância e trabalho de fortalecimento da base da legenda. O presidente do PMDB gramadense, o secretário de Saúde, João Teixeira usou a palavra para dar as boas vindas aos participantes e para falar do crescimento da agremiação no município.

Sartori falou dos deveres do jovem na política

Durante o evento foram várias as manifestações de apoio a candidatura a reeleição de Sartori. Depois de 16 discursos, já perto das 13 horas, o governador transmitiu a sua mensagem ao público. “Não se muda a sociedade, não se muda um país com políticas velhas para problemas antigas. O individualismo tem que ser superado pelo movimento coletivo, pela consciência comunitária,”enfatizou Sartori.

É preciso fortalecer a economia com mudanças estruturais muito profundas inclusive na vida partidária. A obrigação da juventude é respeitar a diversidade política ideológica, mas, por outro lado, tem que formar lideranças. Não adianta apenas participarmos se não somos capazes de formarmos outros líderes,” destacou o governador.

O papel da juventude é também ter responsabilidade com a vida econômica do nosso país e responsabilidade com a vida partidária, não pode apenas esperar que vão construir as oportunidades. Na última eleição nós já tivemos uma renovação política de lideranças, tivemos muitos jovens prefeitos e prefeitas eleitos” declarou ele.