Gramadozoo recebe onça-preta e urubu-rei de zoo do Pará

0
900


O Gramadozoo recebeu na madrugada desta terça-feira (17) uma onça-preta e um urubu-rei. Os animais vieram do Parque Zoobotânico Vale (PZV), que fica dentro da Floresta Nacional de Carajás, em Parauapebas, sudeste do Pará. Numa viagem que começou por volta das 16h de segunda-feira (16), as espécies literalmente cruzaram o céu do Brasil, do Norte ao Sul. O voo da Gol que trouxe os animais chegou no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 23h45.

OS ANIMAIS

No Gramadozoo, os animais estão em espaços climatizados. Enquanto o urubu permanece na área de quarentena, a onça-preta está em recinto adequado para a espécie. O nome da onça que veio para o Gramadozoo é Leila. Ela nasceu no Zoo Vale em 10 de março de 2016. É um animal adulto. O urubu-rei também nasceu no zoo de Carajás. É um jovem de dois anos. Além de espaços que propiciam conforto térmico, os animais contam com dieta apropriada e atividades de enriquecimento ambiental para garantir a adaptação e o bem-estar.

PROGRAMA

Conforme a bióloga Tatiane Nunes, responsável técnica do Gramadozoo, a transferência da onça faz parte do programa de manejo ex situ de espécies ameaçadas da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB). “O Gramadozoo assinou o termo de compromisso para participar do programa em 2021. O objetivo dos grupos de trabalho formados por diversos zoos, órgãos e instituições ambientais é criar diretrizes para a conservação e zelar pelo bem-estar das espécies ameaçadas. São diversos profissionais e instituições mobilizados para a conservação da onça-pintada, o maior felino das Américas”, diz Tatiane.