Gramadozoo adota medidas para suplementar a dieta dos animais e espantar o frio

0
1089
Paçoca de pinhão, polenta e bergamota reforçam caloria da alimentação. Foto: Divulgação/Halder Ramos.


O Gramadozoo adota uma série de cuidados especiais com os animais nos meses de frio. Para suportar as baixas temperaturas, a bicharada ganha reforço calórico na alimentação. Paçoca de pinhão, polenta com amendoim e bergamota são alguns dos ingredientes da dieta de inverno. Os animais de clima quente contam com aquecedores ou climatizadores em seus recintos.

Segundo o veterinário Renan Alves Stadler, responsável técnico do Gramadozoo, a suplementação calórica contribui para o índice zero de internação hospitalar. O veterinário destaca que o programa de enriquecimento ambiental do zoo estimula os animais a fazerem exercícios físicos nos dias gelados. “Com as baixas temperaturas, os bichos tendem a ficar mais encolhidos. Nós propomos atividades ocupacionais para que eles se movimentem em busca do alimento”, explica.

Para saborear uma saborosa paçoca de pinhão, a bicharada teve que pegar o alimento de porongos, que são cultivados na área do próprio parque. “Colocamos a comida no recipiente para mantê-los ocupados e em movimento. Quanto mais tempo demoram para extrair o alimento, melhor é o resultado da atividade para o bem-estar deles”, diz.

O Gramadozoo fica no Km-35 da ERS-115 e funciona diariamente das 9h às 17h.