Gramadotur começa a quitar acordo financeiro com ECAD

0
141
Presidente da Gramadotur Edson Nespolo. Foto Cleiton Thiele/SerraPress

Uma ação na Justiça movida pelo ECAD contra a Autarquia Pública Gramadotur começa a ser resolvida na gestão do Presidente Edson Néspolo. Após ter passado pela Câmara de Vereadores, a Gramadotur foi autorizada a fazer um acordo financeiro para pagamento dos direitos autorais ao ECAD, no que se refere às edições 29, 30, 31 e 32 do Natal Luz, entre os anos de 2014 e 2017, bem como na ação judicial que tramita na 2ª Vara Judicial da Comarca de Gramado. “Estamos resolvendo um problema antigo que iniciou em gestões anteriores”, disse Néspolo que salientou ainda que, “o importante é resolver esta situação que estava nos incomodando, e estamos fazendo isto, com apoio dos vereadores”, disse.

As transferências serão mensais, em 42 meses, e o valor de cada parcela será de R$ 48.367,94, corrigidos anualmente pelo IPCA. A primeira parcela foi quitada nesta segunda-feira, dia 09 de setembro.

Na época da apreciação da proposta da Gramadotur na Câmara, os Vereadores além de aprovarem a iniciativa da Autarquia, apresentaram uma Moção de Repúdio ao ECAD, que foi enviada a todas as Câmaras do País, bem como aos Deputados Federais e Senadores que representam o Estado para que a lei que trata desta questão seja revisada.