Gramado Film Market foca em conexões e negócios

0
1007
Cerimônia de Premiação/Kikitos - Palácio dos Festivais. Foto: Cleiton Thiele/PressPhoto


A programação do 46º Festival de Cinema de Gramado ganha um potente acréscimo nestas terça e quarta-feira (21 e 22 de agosto), com a realização do Gramado Film Market (GFM), no centro de eventos do Hotel Serra Azul.

O GFM é o braço mercadológico do festival de cinema e teve sua primeira edição no ano passado, embora o desejo de realizar essa conexão fosse anterior. “Desde 2013, quando Gramadotur assumiu a realização do festival, tínhamos essa intenção”, revela o gerente de projetos da autarquia municipal, Diego Scariot.

Com o sucesso da edição pioneira, em 2018 o Gramado Film Market recebeu maior volume de orçamento e tem agenda ainda mais intensa, dividida entre painéis, oficinas e mesas de negócio. A intenção é oferecer saídas para realizadores audiovisuais diante dos gargalos tradicionais da indústria – neste ano, o foco é a internacionalização da produção brasileira (por meio de venda direta e coprodução) e os novos formatos de exibição. Haverá ainda a apresentação de tecnologias inovadoras que permitem otimizar custos de produção e monitorar a distribuição de uma obra audiovisual.

Convidados de oito países da Europa (França, Itália, Alemanha e Portugal), ConeSul (Argentina, Uruguai) e América do Norte (México e Estados Unidos) estarão presentes no evento. Além disso, o Gramado Film Market promove um concurso interativo com votação online aberta até o final do dia 21, para eleger os melhores trailers, videoclipes e webdocs inscritos no evento.