Gilberto Cezar cobra Corsan sobre a qualidade e as constantes falta de água em Canela

0
166
O encontro realizado na Prefeitura de Canela. Foto: Rita Souza

O Prefeito em Exercício, Gilberto Cezar e o Secretário de Governança, Paulo Tomasini receberam na quinta-feira (21), a visita de representantes da Corsan que vieram a Canela, dar retorno sobre as demandas apresentadas recentemente, por Gilberto Cezar, ao secretário Estadual de Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior.

O diretor de Expansão da Corsan, Marcus Vinicius Caberlon e o diretor da Unidade de Saneamento Especial (USE) das Hortênsias, Ermógenes Bodanese, destacaram que já convocaram a empresa Aquamec, vencedora do processo de licitação estadual, para construção, operação, monitoramento e treinamento operacional de uma Estação de Tratamento Pré-Fabricada para Esgoto Sanitário, a ser implantada em dois módulos, em Canela. O valor da obra é de R$ 28.168.802,78.

Uma outra obra que vem sendo executada na cidade, desde janeiro, no valor de R$ 11.552.814,42, é um reservatório apoiado de aço vitrificado, que terá capacidade de armazenar 3.000 m³ e ficará localizado no terreno Estação de Tratamento de Água 2 (ETA 2), localizada na rua Júlio Travi, no Distrito Industrial.

O serviço também contempla a modernização desta estação, com um tanque de alimentação unidirecional, com capacidade de 100³ (feito em aço inox e em formato cilíndrico, que será assentado em uma base de concreto de cerca de 14 metros de altura, também na área da estação de tratamento), e a implantação de sistema de tratamento de lodo. Serão construídos dois tanques enterrados de concreto armado, e o processo de desidratação do lodo será por decantador centrífugo (o sistema foi dimensionado já considerando a ampliação da ETA 2). A previsão de término é de seis meses.

“Essa obra aumentará o reservatório da cidade e os problemas de falta d`água serão sanados” explica o diretor Marcus Vinicius.

Não existe contaminação

Outro esclarecimento feito pelos representantes é sobre a contaminação da água da Corsan. Eles afirmaram que não existem indícios de contaminação da água, pois a estatal realiza diariamente coleta e análises, e nada foi constatado, e que os boatos do contagio pelos produtos utilizados nas plantações de batata da região não inverídicos.

Escritório permanece aberto em Canela

O diretor da recente criada Unidade de Saneamento Especial (USE) das Hortênsias, Ermógenes Bodanese, afirmou que o Escritório da Corsan de Canela permanecerá funcionando no município.

Segundo ele, houve uma falha na comunicação e a população ficou apreensiva. O que acontecerá é que todos os serviços de responsabilidade do gerente Rogério Mazzurana, foram divididos e ele ficará responsável pelo atendimento aos clientes e o almoxarifado, que também permanece na cidade.

E a USE será a responsável pela coordenação das obras na cidade, produção de água e coleta e tratamento de esgoto.

“Com essa divisão queremos melhor a administração e oferecer um serviço de qualidade aos nossos clientes, completou.